Estado

Foto: Márcio Vieira O Governo do Estado estaria devendo dois repasses aos bancos O Governo do Estado estaria devendo dois repasses aos bancos

Os servidores do Governo do Estado do Tocantins estão impossibilitados de realizar consignados junto à Caixa Econômica e Banco do Brasil devido atraso de repasses dos meses de abril e maio pelo Governo junto aos bancos. Um servidor entrou em contato com o Conexão Tocantins na tarde dessa quarta-feira, 1° de junho, informando ter procurado um dos bancos para tentar fazer uma negociação quando foi informado da impossibilidade da operação. “Fui tentar fazer uma negociação e a Caixa suspendeu”, disse.

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Tocantins, Cleiton Pinheiro, confirmou ao Conexão Tocantins a impossibilidade dos servidores realizarem empréstimos consignados. De acordo com Cleiton Pinheiro, o Sindicato vem recebendo muitas reclamações de servidores.

Cleiton Pinheiro informou que reuniu-se com o secretário estadual da Fazenda, Edson Ronaldo Nascimento, na terça-feira, 31, quando foi garantida a regularização dos repasses. “Nós tivemos várias notificações junto a Secretaria da Fazenda para que regularizasse o pagamento não só da Caixa, mas Banco do Brasil. Estivemos ontem com o secretário da fazenda e ele nos garantiu a regularidade nos repasses já na folha de agora”, afirmou. Segundo Cleiton, o secretário garantiu pagamento na referência maio, competência junho.

Segundo o Sisepe, o problema vem se arrastando desde o ano passado. “Pagava um mês, atrasava dois”. Para Cleiton, a situação agravou de novembro do ano passado a fevereiro deste ano. “Que chegou a quatro meses” a falta de repasse aos bancos.

Muitos dos que que já fizeram consignados, segundo o Sisepe, estão recebendo notificação da Caixa e do Banco do Brasil informando a inclusão do nome no Serviço de Proteção ao Crédito. O Governo do Estado estaria descontando da folha de pagamento dos servidores mas não estaria repassando aos bancos. 

Caixa 

A Caixa Econômica Federal informou ao Conexão Tocantins estar atendendo normalmente os servidores do Estado. "Temos a informar que nossas agências estão atendendo normalmente aos servidores do Tocantins sem nenhum impedimento para a contratação da referida linha de crédito ou de outra qualquer que se encontre ativa no portfólio do Banco".

De acordo com a Caixa, "é bom lembrar que toda operação bancária fica sujeita a análise de crédito e em função de restrição cadastral do cliente ou de outros fatores, pode vir a ser negada a concessão de crédito a critério da instituição bancária". 

O Conexão Tocantins solicitou posicionamento do Governo do Tocantins.