Estado

Foto: Elizeu Oliveira

O setor do turismo ganhou uma defesa importante durante o 3º Fórum de Governadores do Brasil Central, nesta sexta-feira, 3, em Palmas. O governador Marcelo Miranda defendeu e propôs, aos demais estados representados, a elaboração de um projeto integrado de turismo envolvendo os estados consorciados da região.

A ideia foi bem recebida pelos governadores. O próximo passo será a formatação da proposta, que será encaminhada ao Conselho de Administração do Consórcio para análise e viabilidade, sendo assim inserida na chamada Carteira de Projetos do Fórum – uma espécie de banco de dados com as propostas dos estados.

Na ocasião, o governador lembrou que os estados que integram o Fórum estão situados no segundo maior bioma brasileiro – o Cerrado – e também o mais biodiverso. “Entendo ser de fundamental importância que nós elaboremos uma proposta conjunta, com vistas a fomentar o setor na região, gerando riqueza, emprego e renda para a população”, argumentou.

Marcelo Miranda também citou dois importantes roteiros turísticos na região, inclusive já explorados: o Jalapão, no Tocantins; e Chapada dos Veadeiros, em Goiás. Para o governador, a ideia do projeto é “fomentar e alavancar a integração dos destinos turísticos do Brasil Central. E eu tenho a certeza de que será um tema que ganhará o olhar atento de todos os estados, não somente da região consorciada, mas também de todo o Brasil”, concluiu.

Turismo no Brasil

Segundo o Ministério do Turismo, a atividade turística é a que mais cresce no Brasil no setor terciário. No país, é considerada a nona economia turística do mundo, a terceira do planeta em aviação comercial doméstica e a primeira do mundo em recursos naturais.

Para o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), o futuro do setor no Brasil é promissor. Para a entidade, “o impacto do turismo na economia do Brasil deverá alcançar R$ 700 bilhões, cerca de 10,3% do PIB em 2024 - e empregar 10,6 milhões de pessoas no País.”

Brasil Central

Compõem o Consórcio Brasil Central: os governadores Marcelo Miranda (TO), Marconi Perillo (GO), Rodrigo Rollemberg (DF), Pedro Taques (MT), Reinaldo Azambuja (MS) e Confúcio Moura (RO). Pedro Taques foi representado nesta edição pelo secretário de Planejamento e Educação de Mato Grosso, Marco Aurélio Marrafon. Além dos seis estados, recentemente, o Estado do Maranhão incorporou-se ao Consórcio e foi representado pelo vice-governador Carlos Brandão.

Por: Redação

Tags: Brasil Central, Marcelo Miranda