Polí­tica

Foto: Divulgação

O senador Ataídes Oliveira participa, nesta quarta-feira (07), da primeira reunião como integrante da Comissão Especial de Impeachment do Senado Federal. A comissão vai ouvir as primeiras testemunhas da acusação, o procurador do Tribunal de Contas da União Júlio Marcelo de Oliveira e o auditor Antonio Carlos Costa d’Ávila Carvalho, também do TCU.

A expectativa do presidente do PSDB/TO é que o processo de impeachment seja conduzido de forma célere e rigorosa e que até o início de agosto o afastamento da presidente Dilma seja definitivamente aprovado no Plenário do Senado. “A continuidade do PT no governo aprofundaria o abismo econômico em que o partido mergulhou o país e representaria a consolidação de um projeto criminoso de poder”, argumenta Ataídes.

A Comissão de Impeachment devem ouvir, ainda, nesta quarta-feira outras quatro testemunhas propostas pelos senadores: Rogério Jesus Alves Oliveira, Adriano Pereira de Paula, Otávio de Medeiros e Jânio Macedo. Os três primeiros são do quadro de operação de crédito da Secretaria do Tesouro Nacional e Jânio Macedo é ex-diretor do Banco do Brasil.