Saúde

Foto: Heitor Iglesias As distribuições dos equipamentos fazem parte das ações de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti As distribuições dos equipamentos fazem parte das ações de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti

O Governo do Tocantins, através da Superintendência de Vigilância, Promoção e Proteção à Saúde, está disponibilizando bombas costais motorizadas aos municípios que tem necessidade comprovada. A distribuição dos equipamentos faz parte das ações de prevenção e controle do mosquito Aedes aegypti, desenvolvidas pela Secretaria de Estado da Saúde.

A bomba costal motorizada é um equipamento utilizado para o controle químico do vetor Aedes aegypti, bloqueando a transmissão quando houver notificação de casos de dengue, zika e chikungunya.

Segundo a diretora de Vigilância Epidemiológica das Doenças Vetoriais e Zoonoses, Mary Ruth Glória, a distribuição de bombas será de acordo com a necessidade de cada município, levando em conta o critério epidemiológico associado ao último ano em que recebeu o equipamento. “A aquisição terá uma periodicidade, levando em conta que o equipamento tem uma vida útil de cinco anos”, lembrou a diretora.

Os representantes dos municípios que tiverem interesse em adquirir os equipamentos e atenderem aos critérios exigidos, devem procurar a Superintendência de Vigilância, Promoção e Proteção à Saúde munidos da documentação descrita abaixo:

-Ofício justificando a necessidade (casos notificados de dengue, zika e chikungunya no sistema de informação oficial)
-Índice de Infestação predial;

-Número de ciclos de inspeção domiciliar com o percentual de cobertura 80%;

-Série histórica de liberação de bombas para o município solicitante;

Após a entrega do ofício de solicitação, a Gerência de Operações de Campo realiza uma análise técnica para a emissão do parecer e do Termo de Cessão de Uso.

Depois da análise dos critérios estabelecidos, solicita-se a seguinte documentação: cópia da diplomação do prefeito, cópias dos documentos pessoais do prefeito (RG e CPF) ou cópia do termo de posse do secretário municipal de saúde, cópias dos documentos pessoais do secretário municipal de saúde (RG e CPF).

Dados

O Estado, até o momento, notificou 15.831 casos suspeitos de dengue, 8.748 casos suspeitos de zika e 806 casos suspeitos de chikungunya.