Educação

Foto: Divulgação

Etapa final de parte dos experimentos da tese de doutorado conduzida pela doutoranda Camilla Martins Malta junto ao Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade e Biotecnologia (Bionorte), da Universidade Federal do Tocantins (UFT), será disponibilizado, nesta quarta-feira (15), 700 abacaxis para venda a preço de R$ 1 real a unidade.

Os frutos serão vendidos em frente ao Bloco II do Câmpus de Palmas, a partir das 9h, e no Posto Primavera, no centro da Capital. As vendas continuarão até que todos os abacaxis sejam adquiridos. 

O professor Raphael Sanzio Pimenta, orientador da Camila, explica que um dos objetivos desta tese de doutorado é reduzir ou eliminar o uso de agrotóxicos na cultura do abacaxi. “A Camila fez experimentos no campo substituindo agrotóxicos por metodologias mais seguras que garantam a proteção do fruto contra doenças de maneira que não façam mal para a saúde”, conta. 

Os abacaxis são de um produtor rural do município de Miranorte (TO). Todos os recursos arrecadados com esta venda serão convertidos em leite e doados para instituições de caridade do Estado.