Polí­tica

Foto: Divulgação

Em lançamento da pré-candidatura a vereador do empresário Kléber da Paraíba (PV), no Aureny III, nessa quarta-feira, 13, a pré-candidata à prefeita de Palmas e vice-governadora, Cláudia Lelis (PV), disse que as escolas de tempo integral (ETI), da Capital, apesar da estrutura física modelo, não cumprem o seu papel na oferta da “educação integral”. 

Em pronunciamento, a pré-candidata pevista defendeu que o modelo integral de Educação de Palmas ofereça às crianças, nos dois turnos, atividades escolares que as eduque integralmente para a vida. “Isso se faz na sala de aula, mas também com incentivo ao esporte, a cultura, lazer e com uma alimentação adequada, o que na prática, não está sendo feito pela atual gestão”, disse.  

A falta de critério na oferta de vagas nas creches foi outro assunto questionado pela pré-candidata. Para ela, “o déficit de mais cinco mil vagas poderia ser menor se fosse respeitado o resultado da triagem que aponta as famílias mais necessitadas”. “O direito é de todos, mas muitas crianças carentes são deixadas de lado, enquanto outros, cujos pais podem pagar pela educação de seus filhos, ocupam essas vagas”, observou.

Escolha

Na ocasião a pré-candidata também enfatizou o papel dos pré-candidatos a vereador na construção de uma nova perspectiva para a Capital. “Temos que escolher pessoas compromissadas como o Kléber que não mede esforços para ajudar a resolver os problemas sociais da nossa Capital, isso irá contribuir e muito para o desenvolvimento da nossa cidade”, concluiu.

Feira Gambira

Cláudia Lelis também visitou nesta quarta-feira, 13, a tradicional Feira da Gambira, localizada na NS-02, próximo a Avenida JK. Na oportunidade, ela foi recebida pelos comerciantes de chambaril instalados espontaneamente há 20 anos no local e que atendem a uma vasta clientela que vai de funcionários do comércio da região, a servidores públicos e visitantes.