Polí­cia

Foto: Divulgação

A Comissão de realização do concurso da Polícia Militar do Tocantins, para provimento de vagas no Curso de Formação de Oficiais e no Curso de Formação de Soldados, tem um novo presidente. Assume o cargo o coronel PM Marcelo Falcão Soares, atual Diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa da Polícia Militar. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.672, desta quinta-feira, 28.

Coronel Falcão assume no lugar do coronel Edvan de Jesus Silva - chefe do estado maior da PM. Coronel Falcão dará continuidade aos trabalhos da comissão do concurso, que conta ainda com outros quatro oficiais da PM: tenente coronel Dosautomista Honorato de Melo, major Lorena Alfonso C. Fernandes, major Esdras Eduardo Borges e capitão Gildásio da Silva Aires. Todos designados pelo comandante geral, coronel Glauber de Oliveira Santos. A comissão foi instituída no mês de janeiro e desde então trabalha para que o concurso da PM aconteça de forma transparente.

O edital do certame está previsto para ser publicado em 25 de agosto, conforme determinação do governador do Estado, Marcelo Miranda. Serão oferecidas 1.000 vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD) e 40 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). Com o ingresso desses novos militares na instituição, a PM suprirá as lacunas deixadas pelos policiais que se aposentarem nos próximos anos, preencherá novas demandas na instituição e incrementará o efetivo em aproximadamente 25%.

De acordo com o comandante geral,a realização do certame é uma demanda antiga da Polícia Militar e será essencial para suprir a necessidade de efetivo e dessa forma reforçar o policiamento já existente. “Estamos satisfeitos porque o concurso da PM está se tornando uma realidade, a comissão trabalha para finalizar as diretrizes da elaboração do edital que em breve será divulgado,” destaca coronel Glauber.