Campo

Foto: Washington Luiz As barragens são destinadas a dessedentação de animais e irrigação de hortas e pequenas lavouras As barragens são destinadas a dessedentação de animais e irrigação de hortas e pequenas lavouras

O Programa “Água Para Todos”, do Governo do Tocantins avança levando alternativas para as mais de 60 mil pessoas que residem na zona rural do Sudeste do Estado. Além das 11.050 caixas d’água que já estão quase 75% instaladas, segundo o Governo, as pequenas barragens também já começam a beneficiar as comunidades dando suporte na dessedentação dos animais e na irrigação de hortas e pequenas lavouras. Já são mais de 20 represas com obras concluídas, prontas para acumular água de minas, pequenos córregos e também das chuvas.

No município de Santa Rosa do Tocantins, há 140 quilômetros de Palmas a família do produtor rural, Aldemir Antônio Gonçalves (40) já vive um novo tempo em sua pequena propriedade, pois além da cisterna ele já usufrui da água da represa para atender a demanda com animais e afazeres domésticos.

Ao narrar alguns momentos difíceis, em tempos de estiagem, como a persistente perfuração de poços em busca de água, Gonçalves relata que com esses benefícios à porta  já é possível sonhar com a formação  de uma horta e o aumento na produção de animais para subsistência da família e até para a comercialização. “Aqui na região estamos todos felizes com a construção dessa barragem. Além de uma pequena horta e aumentar a criação de porcos, planejamos também fazer um tanque para criação de peixes”, pontuou o pequeno produtor.

No mesmo município, outras histórias de sequidão que causaram dentre outros prejuízos a perda de lavouras de arroz e milho também foram contadas pela lavradora Francisca José Gonçalves, 65 anos. Também beneficiada com a cisterna e a represa ela demonstrou que sabe usar, corretamente, os benefícios. Como o poço perfurado na propriedade ainda tem água ela conta que só usará água do reservatório quando o poço secar. “Quando a seca chegar de vez ainda vou ter de onde tirar água para beber”, explicou, acrescentando que hoje está feliz e esperançosa com a construção da barragem e garante que este ano formará novas lavouras.

Em Conceição do Tocantins o casal Idalina Caldeira da Silva (57) e Osvaldo Fernandes de Sousa (41) também falam de um passado de perdas, mas comemoram os feitos do governo por meio da instalação da caixa d’água em sua propriedade e a construção da barragem nas proximidades. Com a cisterna cheia, o casal garante que a água do poço tem ajudado a saciar a sede dos animais e manter uma pequena horta para o sustento da família.

Saneamento

O Governo também tem investido no saneamento na área urbana. O município de Santa Rosa recebeu, recentemente, a ampliação da rede de distribuição de água com a implantação de mais 600 metros de RDA. Já Conceição do Tocantins além dos 2.600 metros de rede de distribuição de água, também já conta com uma ordem de serviço para a perfuração de poços artesianos, sistema de tratamento e reforma e urbanização das estruturas da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS).

Segundo a Diretoria de Produção da Agência, cerca de 50 cidades já foram beneficiadas com quase 60 mil metros rede de distribuição de água desde 2015. O volume de recursos já aplicados chega a 5 milhões. Outros 17 municípios já contam com reforma e ampliação do sistema de abastecimento de água e outras 59 cidades com ordem de serviço emitida.

Andamento do Programa Água para todos

Desde que assumiu o governo, em 2015, a ATS, executora do programa, já entregou cerca de 10.500 cisternas, dessas, quase 8 mil estão instaladas, o  equivalente  a mais de 70% do total de 11.050 reservatórios, De acordo com o presidente da ATS, Eder Fernandes, a previsão para o término da instalação das cisternas é até setembro deste ano.

Das 135 barragens, 21 estão construídas e dos 88 sistemas coletivos de abastecimento de água 22 já foram concluídos. O programa, um convênio entre os governos Federal e Estadual tem investimento na ordem de R$ 97 milhões.