Cultura

Foto: Divulgação

A Cia Cenaberta vai entrar em circulação nacional com dois espetáculos teatrais, “Torrenegra” (texto de Wilson Fumoy) e “Dias Difíceis” (texto de Renatho Costa). A estreia da turnê tem início na capital tocantinense neste mês de agosto, no Theatro Fernanda Montenegro. A Cia apresentará o espetáculo “Dias Difíceis” nos dias 13 e 14 de agosto; e “Torrenegra” em 20 e 21 de agosto, sempre às 20h30. A classificação é de 10 anos. Os ingressos antecipados para a temporada em Palmas já estão à venda pelo site www.tonolucro.com.br e na loja Overend – Capim Dourado Shopping.

O elenco da Cia Cenaberta é formado pelos atores Kaká Nogueira, Bell Gama, Paulo Vieira e Thiago Omena, sob a direção artística de Ana Isabel Friedlander, e o conjunto de trabalhos realizados pela Cia Cenaberta já alcançou um público de mais de 20 mil espectadores, em peças teatrais, palestras, pesquisas e formações.

Espetáculos

O espetáculo “Dias Difíceis” (texto Renatho Costa), dirigido por Ana Isabel Friedlander, é estrelado pelos atores Kaká Nogueira, Bell Gama e Thiago Omena, e conta a história de uma dupla de bandidos incompetentes na profissão que, naquele momento, tem apenas um ao outro. Na encruzilhada da vida, naquele deserto, discutem sua amizade e qual o caminho certo a seguir. De acordo a diretora do espetáculo, o espetáculo é, acima de tudo, um tributo a todas as formas de amizade. “Ele mostra que este forte elo pode superar até os dias mais difíceis e os lugares mais inóspitos”, complementa.

Já o espetáculo “Torrenegra” (texto Wilson Fumoy), também dirigido por Ana Isabel Friedlander, é apresentado pelos atores Kaká Nogueira, Paulo Vieira e Thiago Omena e trata da história de três homens que, talvez por ganância pura ou por um amor incondicional, realizam o maior assalto da história e cientes de terem executado um plano perfeito, se refugiam no sub-solo da casa de um deles. Contudo, por ironia do destino ou não, ficam presos e sem possibilidade aparente de fuga do buraco que criaram. Diante da iminente morte tentam agarrar, a todo custo, um tênue fio que os conduza à liberdade e à vida. Um engodo, um erro de estratégia ou a hora deles havia chegado? O absurdo da situação, as mudanças de rumo, a verdade que não se quer encarar, o humor nervoso e o ambiente estranho dão à peça um insólito tempero.

Turnê

A turnê tem patrocínio da Lei Rouanet, através da empresa Gelnex. Após a apresentação em Palmas o grupo parte para apresentação nas cidades de Araguaína (TO), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Goiânia (GO), sendo duas apresentações de cada espetáculo em cada cidade. Além das apresentações teatrais, o grupo fará em cada cidade um bate-papo com a comunidade após o espetáculo e ainda oficinas teatrais gratuitas.

Conforme o presidente da Cia, Kaká Nogueira, com a turnê nacional, almeja-se o alcance de ao menos seis mil espectadores, bem como outros participantes diretos e indiretos, sendo que este conjunto de ações se vincula à necessidade de formação de plateia para o teatro brasileiro, compreendendo como espaço de convívio social e lazer, bem como instrumento de inclusão cultural.

Histórico

A Cenaberta - Companhia de Pesquisas e Produções Artísticas, com sede em Palmas, tem foco na promoção da pesquisa, produção e difusão artística e cultural. Nos últimos anos vem se dedicando mais fortemente nas áreas teatral e da produção cultural, além de desenvolver com constância formações iniciais para o teatro. Ligados à Companhia Cenaberta, estão atores, produtores e técnicos de artes cênicas, dramaturgos e outros profissionais da área cultural, que desenvolvem atividades profissionais especializada em três núcleos: Núcleo de Artes Cênicas, Núcleo de Produções Culturais e Núcleo de Formação Artística. Os espetáculos produzidos já foram apresentados em todas as regiões brasileiras, e esteve presente em importantes Festivais, como Festival Internacional de Teatro de Curitiba (2010), Mostra Diabo Velho de Goiás (2013), dentre outros.

Na área sociocultural, está desenvolvendo o projeto Poquelin – Formação para o Teatro, um projeto de formação e inserção cultural para jovens de cidades do interior do Tocantins, que estão recebendo estudos dirigidos na área teatral, visando não somente à formação para o teatro, mas a compreensão do oficio, suas dificuldades e possibilidades, atendendo, prioritariamente, jovens de áreas de risco social em municípios com baixo IDHM.

Principais Espetáculos da Cia.

L!ngua preZa (2015)

– Adaptação Dramatúrgica e Direção: Kaká Nogueira.

Torrenegra (2009/2013)

– Texto de Wilson Fumoy e Direção de Ana Isabel Friedlander;

– Ganhador do Prêmio BASA 2010, Selecionado para Festival de Curitiba 2010.

Conversa na Estação (2014)

– Adaptação Dramatúrgica de Bell Bama e Direção de Kaká Nogueira;

– Primeiro lugar do Festival SESC/Jiquitáia 2014).

Dias Difíceis (2012)

– Texto de Renato Costa e Direção de Ana Isabel Friedlander;

– Prêmio Funcult de Teatro Arnaud Rodrigues 2011 e Prêmio Funarte deTeatro Miryan Muniz 2012.

O político (2012)

– Adaptação Dramatúrgica e Direção de Kaká Nogueira;

– Melhor Ator (Kaká Nogueira) e 2º lugar do Festival SESC/Jiquitáia 2012.

O assalto (2011)

– Adaptação Dramatúrgica de Bell Gama e Direção de Kaká Nogueira;

– Melhor Ator (Jhon Weiner) e Primeiro lugar no Festival SESC/Jiquitáia 2011.

Agenda Turnê

Palmas: 13 e 14 de agosto (Dias difíceis) e de 20 e 21 de agosto (Torrenegra)

Araguaína: 27 agosto (Torrenegra) e 28 de agosto (Dias Difíceis)

Goiânia: setembro (aguardando confirmação de data)

Brasília: outubro (aguardando confirmação de data)

Belo Horizonte: 13 e 14 de outubro (Torrenegra) e 15 e 16 de outubro (Dias Difíceis)

São Paulo: novembro (aguardando confirmação de data)

Rio de Janeiro: dezembro (aguardando confirmação de data)