Meio Ambiente

Foto: Francisco Medeiros

Com o objetivo de realizar atividades de orientação e educação ambiental, visando minimizar os impactos causados pelas queimadas florestais e urbanas na Capital, o Governo do Tocantins, por meio da Defesa Civil Estadual, em parceria com o Corpo de Bombeiros, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), Batalhão de Polícia Militar Ambiental e Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), realizam nesse sábado, 13, a partir das 8 horas, uma grande mobilização junto a proprietários rurais, chacareiros e moradores do entorno da Serra do Lajeado, em Palmas, sobre os perigos causados pelas queimadas.

A ação inicia na área do Palácio Araguaia, de onde as viaturas partirão rumo à serra. Ao todo serão mobilizadas 22 pessoas entre técnicos, militares, bombeiros e demais servidores. Cada equipe terá uma viatura militar à disposição para a atividade. A expectativa é que os trabalhos se estendam até as 12 horas deste sábado.

Segundo o superintendente estadual da Defesa Civil, o tenente coronel bombeiro Peterson Ornelas, a ação faz parte do Projeto “Visita Cidadã” do Batalhão de Polícia Militar Ambiental de Palmas. “Aproveitamos a oportunidade desta ação e convidamos os órgãos parceiros na questão ambiental e de extensão rural para discutirmos uma ação educacional a fim de evitar os incêndios florestais no entorno de Palmas”, ressaltou.

Brigadistas

Também para reforçar o combate aos incêndios em Palmas, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) contratou 15 brigadistas. Os profissionais foram selecionados em caráter emergencial e já passaram por uma capacitação do curso de formação de combate a incêndios florestais, ministrado pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil. Os profissionais receberam uniformes completos e equipamentos que auxiliarão no trabalho de combate ao fogo. Além dos 15 novos brigadistas para Palmas, no mês passado, o Governo do Tocantins contratou 80 profissionais que estão distribuídos em nove municípios chaves: Lizarda, Novo Acordo, Mateiros, Ponte Alta do Tocantins, São Félix do Tocantins, Formoso do Araguaia, Dueré, Lagoa da Confusão e Pium.