Estado

Foto: Divulgação

A Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), informou na manhã de hoje, 2 de setembro, ainda não ter recebido notificação por parte do Ministério Público quanta a falta de água em Itaporã mas que está tomando todas as medidas para normalizar o reabastecimento de água na cidade.

A presidência da ATS autorizou envio de três caminhões-pipa para o município que captará água do Ribeirão Porteira, a 20 quilômetros da cidade. Segundo a agência, essa medida prevalecerá até a que a reativação do poço artesiano seja finalizada.

A ATS esclareceu ainda a população que a água captada pelos caminhões será depositada nos reservatórios onde passará pelo processo de tratamento e só então distribuída à população. Além dos cuidados com a saúde a agência também evitará desperdício de água. 

O juiz Ricardo Gagliardi, da Comarca de Colmeia, determinou liminarmente, nessa quinta-feira (1º/9), que a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) regularize o abastecimento de água em Itaporã no prazo “improrrogável” de cinco dias, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil limitada em até 30 dias, a ser destinada ao Fundo Municipal da Criança e do Adolescente.

Por: Redação

Tags: ATS, Abastecimento, Itaporã