Polí­tica

Foto: Divulgação

Representando o Tocantins o secretário do Planejamento e Orçamento David Torres e o presidente da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), Éder Martins, reuniram-se nesta quinta-feira, 17, com representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na ocasião foi confirmado o interesse do Tocantins em aderir ao Programa de Parceria de Investimentos (PPI), instituído em maio deste ano pelo governo federal, como forma de apoio ao desenvolvimento de parcerias entre Estados e a iniciativa privada, que atua no setor de serviços de saneamento. 

No encontro, os gestores tocantinenses apresentaram, ao BNDES propostas para avançar nos serviços de saneamento do Estado. De acordo com o secretário David Torres as definições de projetos nesta área, encontram-se em fase de ajustes e negociações. 

O PPI tem como objetivo desenvolver projetos de parcerias com a iniciativa privada para a realização de investimentos em abastecimento de água e esgotamento sanitário, buscando a universalização desses serviços nos Estados para melhorar a qualidade de vida da população.

Além do Tocantins, outros estados também manifestaram o interesse em participar, são eles: Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Catarina e Sergipe.