Geral

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins (Sindjor) encaminhou nota à imprensa lamentando a morte do jornalista Mateus Junior. "Neste momento de dor e luta, a entidade se solidariza com familiares e amigos, e espera dos órgãos competentes a apuração dos fatos e a punição pelo ocorrido". 

Confira a nota na íntegra 

Nota Sindjor 

O Sindjor-TO- Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Tocantins lamenta profundamente a morte do jornalista Francisco Mateus Junior.

Fon fon, cheiroso, chico da tirana, Mateusino - apelidos carinhosos dados pelos amigos - sempre se orgulhou de ter o primeiro registro profissional do Tocantins, o MTB-TO 001, e de ser jornalista. Exercia com rigor a profissão, e como tinha talento pra escrever. Dos seus liderados sempre exigiu dedicação, atenção, as vezes um tanto duro, mas o excesso era com o objetivo da produção de um trabalho admirável.

Se foi o sorriso farto, o abraço acolhedor, as tiradas sarcásticas, a alegria de estar sempre em festa com os amigos, fica o exemplo de pessoa, e a saudade eterna.

Neste momento de dor e luta, a entidade se solidariza com familiares e amigos, e espera dos órgãos competentes a apuração dos fatos e a punição pelo ocorrido.

Diretoria do Sindjor/TO

Por: Redação

Tags: Mateus Júnior, Sindjor