Polí­tica

Foto: Divulgação

A construção do Hospital da Universidade Federal do Tocantins (HUFT) está sendo viabilizada devido à parceria entre a instituição e a deputada federal professora Dorinha Seabra Rezende (Democratas/TO). Desde 2013 a parlamentar vem destinando as suas emendas de bancada para a UFT iniciar as obras do hospital e também para ações de expansão da universidade. Além disso, a democrata trabalha fazendo gestão junto ao governo federal para a liberação de mais verbas para a instituição.

Nos anos de 2013 e 2014, foram pagas para a UFT as emendas nos valores de R$ 23,5 milhões e R$ 19,1 milhões respectivamente, totalizando R$ 42,6 milhões. O valor estimado do hospital universitário é na casa de R$ 160 milhões. No fim do ano passado, via gestão junto ao Executivo Federal, a parlamentar conseguiu mais R$ 6 milhões para a instituição adquirir equipamentos para os laboratórios e outros departamentos dos campi da universidade, como mobiliários e armários de bibliotecas e arquivos, bem como R$ 500 mil para ações de ensino, pesquisa e apoio a mestrado. Professora Dorinha também incluiu o hospital universitário na Lei de Diretrizes Orçamentárias e no orçamento geral da união do ano passado e que ainda está sendo executado, cujo projeto já está em fase de iniciar o processo licitatório.

Recentemente, atendendo a um pedido da deputada Professora Dorinha, o ministro da educação Mendonça Filho esteve no Tocantins para anunciar a liberação de R$ 15 milhões para a universidade. Ainda há a previsão na Lei Orçamentária Anual (LOA) o valor de R$ 30 milhões para ações de expansão e reestruturação da UFT. Além desse valor, a Professora Dorinha garantiu um extra de R$ 10 milhões na LOA para a universidade.