Polí­tica

Foto: Divulgação

Com objetivo de garantir a ocorrência de um pleito eleitoral dentro da normalidade com toda a tranquilidade necessária, a Polícia Militar elaborou o plano de Policiamento para as Eleições Municipais 2016, o qual prevê ampla atuação contra os principais fatores de risco, típicos do período.

De acordo com o plano, que foi apresentado também em reunião junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pelo Comandante Geral, coronel Glauber de Oliveira Santos, está previsto o emprego do efetivo de mais de 3.800 policiais militares, tanto das equipes especializadas, como do serviço ordinário e também do administrativo. Em parceria com as demais instituições de segurança pública, a Polícia Militar estará atuando de forma preventiva, educativa e repressiva, caso necessário.

Como principais ocorrências a serem monitoradas, os policiais militares estarão combatendo a violação da legislação eleitoral; aliciamento de eleitores; perturbação da ordem pública; pessoas sob efeito de substâncias entorpecentes, etílicas ou não; ação de delinquentes praticando furtos em residências, em razão da ausência dos moradores; pessoas encontradas armadas ilegalmente; comércio de substâncias etílicas durante a votação, dentre outras violações e práticas proibidas pelas leis eleitorais.

A operação será desencadeada no dia 30 de setembro e se estenderá até o dia das eleições, em 02 de outubro, em todos os 139 municípios do Tocantins. As unidades militares já têm realizado reuniões de planejamento para definirem as estratégias locais de atuação, encontros estes que contaram com a presença de juízes eleitorais, os quais falaram sobre os principais destaques da legislação eleitoral.

Para o supervisor do plano de policiamento, coronel Marcelo Falcão Soares, subchefe do Estado Maior da PM, a parceria entre as instituições será fundamental para que se alcance a concretização do plano, o qual foi construído com vistas a garantir a satisfatória ocorrência do pleito eleitoral em todo o Tocantins.

Já o Comandante Geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, ressalta que a Polícia Militar tem obtido excelentes resultados na realização de eventos da envergadura e do porte das eleições, nos quais a ocorrência de alterações são mínimas. Ele destaca que o efetivo está totalmente preparado para lidar com as mais diversas situações de maneira profissional e competente e que a PM trabalhará incansavelmente para que este seja um dos pleitos mais tranquilos dos últimos anos.