Economia

Foto: Divulgação

Com o intuito de reforçar a inclusão da mulher no mercado de trabalho, o Sistema Fecomércio Tocantins tem considerado a Câmara das Mulheres Empreendedoras e Gestoras de Negócios – CMEG. Na manhã dessa terça-feira, dia 27 de setembro, foi realizada a primeira reunião para a discussão de assuntos relacionados a Câmara, na qual foram apresentadas a proposta do projeto e sugeridos nomes para a composição da diretoria.

A Câmara das Mulheres Empreendedoras e Gestoras de Negócios já existe em outras federações, como a do Paraná e da Bahia. A missão da CMEG é estabelecer um fórum de discussão entre as Mulheres Empreendedoras e Gestoras do Comércio, Serviços e Turismo do Tocantins, visando integração ao Sistema Fecomércio TO, com geração de projetos e propostas que atendam às suas necessidades profissionais e empresariais.

Na abertura da reunião, as participantes discutiram sobre as principais dificuldades que a mulher enfrenta no ambiente de trabalho na atualidade. “Nossa ideia é propor melhorias em relação à condição da mulher no mercado”, sintetizou a empresária, Maria de Fátima de Jesus.  Em seguida, assistiram a uma apresentação sobre as principais informações da Câmara de Mulheres, como objetivos, missão e importância de se implantar esta Câmara no Tocantins.

Durante a reunião, foram apresentados ainda um esboço do manual e do regimento interno da entidade, além do organograma. Participaram da reunião cerca de doze mulheres. Compõem a Câmara tocantinense: Maria de Fátima de Jesus – presidente, Cleide Brandão – vice-presidente, Ana Caroline Ribeiro – secretária executiva, Alexandra Bramatti (Titular) e Camila Takahashi (Suplente) – diretoria Administrativa e Financeira, Graziela Guardiola (Titular) e Suplência a definir – diretoria de Marketing e Eventos, Priscila Costa Martins (Titular) e Suplência a definir – Diretoria Jurídica, Fernanda S. Almeida Montanha (Titular) e Vânia Labre da Silva (Suplente) – Diretoria de Empreendedorismo, Grazielly Oliveira Coelho (Titular) e Magvan G.B. Souza (Suplente) – Diretoria de Gestão de Negócios, Comércio e Serviços, Titular a definir e Tudy Vieira (Suplente) – Diretoria de Capacitações e Liderança.

A ideia da Câmara foi aprovada pelo presidente do Sistema Fecomércio Tocantins, Itelvino Pisoni. “Acreditamos que a mulher já desempenha um papel fundamental na sociedade, mas ainda precisa de maior apoio, respeito e suporte quanto ao mercado de trabalho e seu papel de liderança na sociedade”, comentou.

Participação da mulher

Segundo o Ministério do Trabalho e Previdência Social, a participação da mulher no mercado de trabalho é crescente. A Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) de 2014 aponta que, em 10 anos, o número de mulheres com carteira assinada quase dobrou, chegando a 21,4 milhões no Brasil. Outro dado interessante, é que a mão de obra feminina está concentrada nos setores de serviços, comércio e indústria de transformação.