Polí­tica

Foto: Divulgação

O balanço das Eleições 2016 foi repassado pela presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins, desembargadora Ângela Prudente, durante coletiva à imprensa. O pleito eleitoral foi finalizado às 20h28 minutos, quando foram totalizados os votos de todos os 139 municípios do Estado. “Tudo aconteceu com tranquilidade, dentro do planejado e num ambiente de paz. Este resultado, mais uma vez, evidencia a importância das ações de Planejamento e organização desenvolvidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins e é imprescindível agradecer penhoradamente a todos os envolvidos nesse importante ato democrático participativo”, disse.

O pleito foi marcado pela tranquilidade sendo registradas poucas ocorrências, a maioria por tentativa de compra de voto e distribuição de material de campanha. “O sucesso é resultado da atuação das forças de segurança nas ações de prevenção de possíveis ilícitos eleitorais, gerenciadas pela Comissão de Segurança Institucional”, disse o juiz membro Rubem Carvalho, presidente da Comissão.

Estado

O primeiro município a totalizar a votação foi Tupiratins (6ª ZE), às 17h15. A primeira zona eleitoral a fechar a totalização foi a 24ª ZE de Araguacema,  às 17h40. As abstenções no Estado somaram 146.210 (14,11%).

Denúncias

Foram registradas 1.288  denúncias pelo aplicativo Pardal, sendo 38% por propaganda eleitoral e 21% por crimes eleitorais. A Ouvidoria Eleitoral registrou 1.353 atendimentos no sábado e domingo, a maioria deles procurando saber seu local de votação e também denúncias. As urnas substituídas foram apenas 22 em todo Estado.

Votação

A tecnologia nestas eleições foi uma importante aliada para a celeridade no resultado das urnas, sendo Palmas, a segunda capital do Brasil a encerrar a apuração, às 18 horas.

Em Palmas, a totalização dos votos encerrou-se às 18h31 e o comparecimento foi de 145.487 (84,42%), votos válidos 131.037 (90,07%). Votos nulos 10.385 (7,14%), votos brancos 4.065 (2,79%), abstenção 26.857 (15,58%).