Campo

Foto: Divulgação Ruraltins trabalha unidades de produção com o uso de tecnologias alternativas Ruraltins trabalha unidades de produção com o uso de tecnologias alternativas

Para incentivar práticas agrícolas sustentáveis com a utilização de tecnologias alternativas, o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) trabalha unidades que servem como modelo de produção para pequenas propriedades rurais. Em Palmas, no Centro Agrotecnológico, local onde todos os anos acontece a Agrotins, a extensão rural mantém diversas Unidades Demonstrativas que visam aumentar a produtividade e a renda das famílias que moram no campo.

De acordo com o engenheiro agrônomo, Edmilson Rodrigues, para a atividade bovina leiteira, o agricultor tem como opção o pastejo intensivo rotacionado, prática que reduz gastos e aumenta a produtividade do rebanho, pois o sistema permite manter até 10 animais por hectare, enquanto no modelo tradicional é necessário um hectare por animal.

Outro exemplo de produção sustentável aplicado pelo Ruraltins é o sistema Integração Lavoura Pecuária Floresta. Nele, é possível desenvolver ao mesmo tempo a atividade agrícola, o plantio de árvores e a criação de gado, proporcionando a produção de alimentos e o melhoramento da pastagem. 

“A Integração Lavoura Pecuária Floresta é um trabalho que a extensão rural realiza em parceria com a Embrapa há cinco anos, onde já foram implantadas mais de 40 unidades demonstrativas em todas as regiões do Estado, favorecendo muito o agricultor”, avaliou o engenheiro.

Além desses modelos, estão disponíveis, para o agricultor, no Centro Agrotecnológico, outros trabalhos nas áreas de avicultura caipira melhorada, fruticultura irrigada consorciada (maracujá, mamão e açaí) e ainda a produção de arroz Terras Altas, que traz cultivares de alta qualidade de grãos e isentas de doenças, principalmente a brusone, considerada a principal doença do arroz, além de terem um ciclo menor de produção em relação ao arroz tradicional, sendo uma excelente alternativa para a agricultura familiar.

“Os extensionistas estão à disposição dos agricultores para apresentarem essas experiências e outras políticas voltadas para o setor. Nosso objetivo é mostrar opções de investimentos viáveis para que o pequeno produtor tenha alternativas de renda e dê segurança para sua família”, argumentou Edmilson Rodrigues.

Por: Redação

Tags: Ruraltins, campo