Saúde

Foto: Kelly Rosa Ônibus adaptados para atendimentos percorrerão municípios entre os dias 17 a 21 de outubro de 2016 Ônibus adaptados para atendimentos percorrerão municípios entre os dias 17 a 21 de outubro de 2016

Com o propósito de democratizar o acesso às políticas públicas para todas as mulheres do Tocantins, as Unidades Móveis para Atendimento a Mulheres no Campo, na Floresta e nas Águas, por meio da Diretora de Políticas para as Mulheres, da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), estarão atendendo nas cidades de Tocantínia, Rio Sono, São Félix, Mateiros, Lagoa do Tocantins, Monte do Carmo, Ponte Alta e outros locais de difícil acesso no interior do Estado. As atividades ocorrerão do dia 17 a 21 de outubro de 2016.

As unidades móveis fazem parte de uma ação contínua que ocorre regularmente nas comunidades ribeirinhas, quilombolas, indígenas, rurais e de difícil acesso. A programação destas unidades contará com a prestação de atendimento jurídico, psicossocial, palestras sobre violência contra a mulher, Lei Maria da Penha, rodas de conversa sobre empreendedorismo e oficinas de artesanato.

De acordo com Ana Maria Guedes, diretora de Política para as Mulheres da Seciju, durante a campanha mundial do Outubro Rosa, a visita das unidades móveis às cidades ainda terá o objetivo de sensibilizá-las sobre os cuidados com a saúde. “As unidades estarão nestas cidades discutindo sobre a importância de prevenção do câncer de mama, orientando-as sobre o autoexame, além de orientá-las, também, a respeito do câncer do colo do útero”, explicou.

Procon

Além das atividades já desenvolvidas, a programação contará, ainda, com orientações sobre consumo, ministradas pela Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor do Tocantins (Procon Tocantins). Segundo José Santana Júnior, gerente de Educação para o Consumo, o intuito das orientações é empoderar as mulheres sobre o direito do consumidor. “A mulher, dentro da unidade familiar, tem um papel muito importante na aquisição de insumos para a casa e é de suma importância que ela saiba dos seus direitos”, afirmou. 

Programação nas cidades

9 horas - Abertura oficial com anúncio da programação da Unidade Móvel com autoridades presentes.

10 horas – Palestras Outubro Rosa, Saúde da Mulher, Lei Maria da Penha.

11 horas - Roda de conversa - Outubro Rosa: O benefício que gera para as mulheres

12 horas - Intervalo/ almoço.

13 horas - Oficina de geração de renda e a importância da mulher no mercado de trabalho.                

13h30- Atendimentos: Orientações e encaminhamentos jurídicos; orientações sobre o Bolsa Família; Oficina de artesanatos; Emissão de CPF.

17 horas – Encerramento.