Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Paulo Mourão (PT) apresentou na sessão desta quarta-feira, dia 19, requerimento em regime de urgência solicitando ao Governo do Tocantins medidas para promover um programa de recuperação dos débitos dos universitários do Programa Estadual de Crédito Educativo – Proeducar. 

O programa estadual financia de forma parcial os cursos de graduação de estudantes carentes, matriculados em instituições de ensino superior privadas no Estado. O financiamento pode chegar a 85% do valor da mensalidade, a partir da renda mensal do grupo familiar, apresentado pelo candidato ao ato do processo seletivo. 

Considerando a importância do Proeducar, Paulo Mourão entende que se faz necessária a adoção de providências no sentido de oportunizar parcelamentos e descontos aos alunos que possuam débitos, a fim de que “não só ocorra a regularização financeira, mas também a arrecadação de receitas para abertura de novos editais de vagas”, justificou. Desta forma, haverá rotatividade de crédito educacional, beneficiando outros estudantes do Estado. 

O Proeducar já beneficou ao longo dos anos mais de cinco mil estudantes de baixa renda no Estado. Os investimentos somam cerca de R$ 51,4 milhões.