Estado

Foto: Divulgação Pautas defendidas pelo Vem Pra Rua Pautas defendidas pelo Vem Pra Rua

Seguindo programação nacional, o movimento Vem Pra Rua Tocantins desenvolverá ações em Palmas e Araguaína neste próximo domingo, 4 de dezembro. Diante do cenário da política nacional e local, a sociedade civil organizada voltará às ruas pela aprovação das 10 medidas contra a corrupção, aprovação do crime de corrupção política, considerando-o hediondo; aprovação da extinção do foro privilegiado e pela manutenção da independência do Judiciário com a não aprovação do Projeto de Lei 280, que trata do abuso de autoridade. 

De acordo com a integrante do Vem Pra Rua Tocantins, Geize Stella, o pacote das 10 medidas anticorrupção, proposto pelo Ministério Público Federal (MPF), apoiado pelos Ministérios Públicos de todo o País e assinado por mais de 2 milhões de brasileiros, levado para a Câmara na forma de Projeto de Lei de iniciativa popular, foi desfigurado pela Câmara dos Deputados. "Queremos a aprovação do original porque teve a votação e as medidas (alteradas) não atendem. Desfigurou o objeto central!", avaliou. 

Na última quarta-feira, 30, diversas instituições vinculadas ao Sistema de Justiça manifestaram-se contra a votação na Câmara Federal que resultou na descaracterização do projeto de lei de iniciativa popular conhecido como “10 Medidas contra a Corrupção”. O Ministério Público do Estado do Tocantins também expediu nota de repúdio acerca do assunto.

Sobre o Projeto de Lei que trata do abuso de autoridade, Gleize disse que tentam escapar da Operação Lava Jato - maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve -. "Eles tentam criminalizar atos tanto do Ministério Público quanto do Judiciário, os juízes, e é por isso que o Ministério Público ficou chateado, porque se começar a valer, o que eles fizeram tornam-se crime e na verdade é mesmo só para poder se safar da Lava Jato que estão fazendo isso (os políticos)", disse. 

Nos atos de domingo, haverá panfletagens e adesivaços, encerrando com manifestações em Palmas, na Praça dos Girassóis, a partir das 16 horas e em Araguaína, na frente da sede do Ministério Público Federal (MPF), na avenida José de Brito, a partir das 15 horas. "Conclamamos a população para comparecer nesse momento crucial, o qual nosso País precisa da colaboração e compromisso de cada brasileiro com o futuro melhor para o Brasil", convida o movimento.

Movimento no País 

Na página do Vem Pra Rua Nacional, foi divulgada na tarde desta sexta-feira, 3, a informação de que já são 205 cidades confirmadas para atos no País.