Polí­tica

Foto: Divulgação ATM conta atualmente com 132 filiados ATM conta atualmente com 132 filiados

A comissão responsável por conduzir o processo eleitoral que definirá a nova diretoria da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) está praticamente definida. O ex-prefeito de Taipas, Joaquim Carlos (PSD), será o presidente, enquanto que o ex-prefeito de Sítio Novo, Jair Farias, será o secretário. A informação é do presidente da ATM, João Emídio (PMDB), ex-prefeito de Brasilândia. Segundo ele, até esta quarta-feira, 18, será definido o último integrante, que ocupará o cargo de fiscal na comissão.

Aos três caberá a tarefa de comandar todo o processo eleitoral, desde fiscalizar, receber e avaliar as inscrições das chapas para, então, decidir se serão ou não homologadas. “Queremos que seja uma comissão criteriosa para o cumprimento do estatuto da entidade”, afirmou João Emídio.

O estatuto estabelece que a eleição deve ocorrer na segunda sexta-feira do mês de fevereiro, portanto, no próximo dia 10. As chapas concorrentes terão até 15 dias antes da data do pleito para efetuarem suas inscrições. Até o momento, pelo menos cinco prefeitos têm sido apontados como pretensos candidatos ao cargo de presidente da entidade: Jairo Mariano (PDT), de Pedro Afonso;  Laurez Moreira (PSB), de Gurupi; Eduardo Madruga (PMDB), de Wanderlândia; Marlen Ribeiro Rodrigues (PSD), de São Félix do Tocantins; e Wagner Gentil (PSD), de Arraias.

Conforme João Emídio, este ano o pleito trará uma situação inédita: será a eleição com o maior número de filiados aptos a votar. Ao todo, a ATM conta atualmente com 132 filiados. Conforme o presidente, na última eleição eram 108 prefeituras filiadas.