Saúde

Foto: Divulgação Prefeito e Secretária em visita ao consultório odontológico Prefeito e Secretária em visita ao consultório odontológico

Ao assumir a Prefeitura de Porto Nacional, o prefeito Joaquim Maia (PV), deparou-se com a grave crise na saúde gerada pelo abandono e descompromisso da ex-administração. Das 15 Unidades de Saúde da cidade, apenas quatro estavam funcionando pela boa vontade dos servidores que prestavam o serviço como voluntários e isso de forma precária pois não tinham o mínimo de estrutura, faltando materiais básicos tanto para o administrativo como insumos, segundo a gestão. Destes apenas o Posto de Saúde do Jardim Querido contava com médico efetivo.

Com apenas 15 dias à frente da gestão, o prefeito Joaquim Maia conseguiu reestruturar a saúde colocando todas as unidades de saúde em pleno funcionamento. “A reativação do atendimento médico nos Postos de Saúde é para nós a grande vitória destes primeiros 15 dias de administração. Encontramos as unidades de saúde fechadas e sem condições de atendimento, faltava médicos, enfermeiros e material. Hoje, comemoramos a volta à normalidade com todos os postos de Saúde em pleno atendimento, inclusive na saúde bucal. Temos em todas as unidades médicos, enfermeiros e toda a equipe necessária para o bom atendimento à nossa população", disse o prefeito Joaquim Maia comemorando.

Visitas

O prefeito Joaquim Maia, juntamente com a secretária da Saúde, Anna Crystina e a diretora de Atenção Primária, Dilce do Nascimento, visitaram os Postos de Saúde da Vila Nova II e do Alto da Colina. Durante a visita puderam ouvir dos próprios cidadãos que estavam para serem atendidos a satisfação pela retomada dos atendimentos. Joaquim Maia passou a todos os servidores, entre eles médicos e dentistas, palavras de motivação para que o serviço ofertado pela rede municipal de Saúde alcance um alto índice de aprovação popular. O prefeito conferiu também a necessidade de reformas nas instalações físicas.