Estado

Foto: Divulgação Curva do Mirante da Serra de Taquaruçu Curva do Mirante da Serra de Taquaruçu

O Governo do Estado ainda não tem data definida para implantar instrumentos de sinalização na rodovia TO-030, especificamente no trecho do Mirante da Serra de Taquaruçu, em Palmas. O local foi mais uma vez cenário de  tragédia no último domingo, 12, quando uma mulher faleceu após o micro­ônibus em que estava cair da ribanceira do mirante. O condutor do veículo ficou ferido no acidente.

Nesta quarta-feira, 15, a Assembleia Legislativa aprovou a urgência de requerimento do deputado estadual Paulo Mourão (PT), solicitando ao Governo, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura e da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), que sejam adotadas medidas para promover a implantação de sinalização, sonorizadores e grades de proteção na curva do mirante.

Por meio de nota ao site Conexão Tocantins, porém, a Ageto informou que existe a previsão de que sejam colocadas defensas e sinalização no trecho, porém, que não pode precisar quando isso ocorrerá, “em função dos trâmites legais do processo de licitação para contratar uma empresa especializada na prestação do serviço”. A agência ainda pede que os motoristas tenham maior atenção ao trafegarem no local.

No trecho do Mirante da Serra de Taquaruçu o trânsito é constante, inclusive de turistas, visto que dá acesso à trilha da Cachoeira da Roncadeira, uma das mais conhecidas do distrito. No local, são frequentes os acidentes, muitos deles com vítimas fatais.

Confira a íntegra da nota da Ageto:

A Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) informa que:

- no local do acidente neste domingo, na TO-030 havia  Defensas (barreiras) implantadas e que as mesmas foram arrancadas em um acidente anterior;

-  informa também que serão colocadas novas Defensas no local, bem como nova sinalização naquele trecho, mas que não pode precisar uma data em função dos trâmites legais do processo de licitação para contratar uma empresa especializada na prestação do serviço.

-   a Ageto solicita dos motoristas maior atenção, especialmente, à manutenção dos freios de seus automóveis nesse trecho, considerado perigoso em função do traçado da rodovia na serra.