Economia

Foto: Divulgação

Pelo segundo ano consecutivo, Palmas/TO é a sede da II Expo Grandes Marcas, que deve reunir em um só ambiente, fabricantes multinacionais no setor de máquinas, acessórios e insumos, além de profissionais dos setores de marcenaria, carpintaria, projetistas de ambientes planejados, designers de móveis, arquitetos e lojistas. A feira terá abertura nesta quarta-feira, 22, às 9h, na Madeicom, às margens da TO-050, esquina com a LO-05. Caravanas de várias cidades, inclusive do Maranhão e Pará, já confirmaram presença.

O sucesso da primeira edição da Expo Grandes Marcas é que deu ânimo aos organizadores para um novo evento, deixando claro a necessidade e a carência dos profissionais do segmento que atuam com madeira e mobiliário, em se atualizar com informações e novas máquinas e equipamentos para o uso no dia a dia. Duas palestras também serão realizadas: dia 22, às 18h30, com o tema Ganhando o Cliente na Visita, e dia 23, no mesmo horário, com a temática Ganhando Mercado com Atendimento Nota 10.

Para o empresário Gilberto Fernandes, proprietário da Madeicom e organizador da Feira, o evento possibilita que o máximo de profissionais possam ver as novidades do setor, sem ter que viajar para outras regiões do País. “Teremos os melhores fornecedores do segmento, como fabricantes de MDF, ferragens e acessórios para móveis em geral. Nossa meta é colaborar com o Tocantins, pois muitos profissionais não têm como ir aos grandes centros, e nós estamos trazendo essas empresas para que os trabalhadores conheçam e passem a atender ainda melhor seus clientes”, destacou Gilberto Fernandes.

Segundo o empresário, a expectativa é atender a todos interessados, desde o que está começando na atividade, ao grande empresário em patamar mais elevado. Fernandes, inclusive, não descarta a possibilidade de alguém sair do evento tendo um dos segmentos atendidos, como nova profissão, uma vez que é grande o número de autônomos buscando recolocação no mercado de trabalho, e muitos até mesmo atrás de um novo viés econômico. E esse público deverá ajudar a organização a bater a meta no fechamento de negócios, estimados em R$ 500 mil, com aquisição de máquinas de pequeno, médio e grande porte, bem como a compra de acessórios e insumo para o uso no dia a dia.

Números

O Sindicato da Madeira e do Mobiliário (Simam), que reúne as indústrias do setor no Tocantins, relata a existência de 320 empresas, cada uma gerando uma média de doze empregos diretos. Segundo o presidente do Sindicato, Geová Mendonça, “atualmente calcula-se que cada uma movimente renda mensal em torno de R$ 60 mil”. A Capital concentra a maioria das empresas, chegando a 170 indústrias, contudo, conforme Geová, “essa média de rendimentos fica entre R$ 20 mil a R$ 380 mil por mês”.

Geová Mendonça destaca a importância da Expo Grandes Marcas para os profissionais e para as empresas desses segmentos, oportunizando a atualização das informações do mercado para todos. “O empresário que não estiver antenado, ele não permanece no mercado, pois quando o cliente vai contratar o nosso serviço, ele vai com uma gama de informações. Se existe um algum tipo de material fora do estado, ou mesmo do país, ele quer um mobiliário com tal tecnologia e inovação. Aí entram as parcerias, com a da Madeicom e com as grandes marcas, para trazerem o que há de mais moderno no mercado”, afirmou Geová.

Novidades

A Expo Grandes Marcas terá uma série de máquinas a disposição dos profissionais. São equipamentos com valores entre R$ 300,00 e R$ 3.000,00. Boa parte fabricada pelos fornecedores que estarão presentes, como Arauco Melamina, DeWalt, Duratex, Guararapes, Hafele, Aramados Jomer, Minimax SCM Tecmatic, Makita, Openfield, Proadee, Sayerlack, SP Alumínio e Tekbond.