Polí­cia

Foto: Divulgação Ao todo, 40 pessoas foram presas e 27 mandados de prisão foram cumpridos Ao todo, 40 pessoas foram presas e 27 mandados de prisão foram cumpridos
  • Materiais apreendidos durante a operação

Uma operação integrada entre as forças policiais (Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal) foi desencadeada na manhã dessa quinta-feira, 23, simultaneamente no Tocantins e em mais sete estados que integram o Consórcio Brasil Central. O objetivo principal foi tirar de circulação drogas, armas e munições, além do combate a todas as modalidades criminosas mais comuns nesses estados.

No Tocantins, a operação foi finalizada na manhã desta sexta-feira, 24, e envolveu 202 policias civis, nas 13 delegacias regionais. Ao todo, 40 pessoas foram presas e 27 mandados de prisão foram cumpridos, sendo nove de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e um civil.

De acordo com o diretor de polícia do interior, delegado Marcio Girotto, durante as primeiras horas de operação já foi possível obter resultados positivos. “É uma operação de combate à criminalidade que está sendo desencadeada em oito estados da federação, simultaneamente e, no Tocantins, já é possível comemorar, já que tiramos de circulação mais de 10 quilos de drogas”, declara.

Também foram cumpridos 30 mandados de busca e apreensão, em diversas cidades do estado, oito armas de fogo apreendidas e nove Autos de Prisão em Flagrantes (APFs) foram executados ao longo do dia.

A operação integrada aconteceu nas cidades de Araguaína, Xambioá, Pedro Afonso, Alvorada, Gurupi, Porto Nacional, Guaraí, Paraíso, Araguatins, Augustinópolis, Arraias, Dianópolis, Colinas, Tocantinópolis, Miracema, Barrolândia e Taguatinga.

Por: Redação

Tags: Márcio Girotto, Polícia, Polícia Civil