Estado

Foto: Josy Karla

Os foliões que se preparam para curtir ou viajar durante o período de Carnaval no Tocantins contarão com orientações e ações promovidas pelas forças de segurança do Estado e com a realização de campanha educativa que visa debater com a população, em especial os jovens de 15 a 24 anos, temas emergentes e importantes sobre sexo seguro, direção responsável, violência contra a mulher e os riscos do uso de drogas.

“A campanha Carnaval do Bem é uma ação de Governo e envolve diversos parceiros. Acreditamos que essa época do ano é muito boa para levantarmos discussões e conscientizarmos os jovens sobre temas importantes, como gravidez na adolescência, acidente de trânsito e doenças sexualmente transmissíveis. As ações ocorrem nas 13 cidades do Estado que possuem Diretoria Regional de Ensino e em 68 municípios, por meio de uma audaciosa parceria com o Proerd [Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência] da Polícia Militar”, explicou o superintendente de Estado da Juventude, Ricardo Ribeirinha.

A programação do Carnaval do Bem conta com palestras e apresentações culturais em escolas estaduais e municipais, além de diversas blitze educativas com a distribuição de material informativo e preservativos. Desde o início de fevereiro, já foram visitadas escolas nos municípios de Araguatins, Araguaína, Tocantinópolis e Colinas. Na segunda-feira, 20, as atividades aconteceram em Pedro Afonso e Guaraí. Nesta terça-feira, 21, serão visitados os municípios de Miracema e Paraíso. No dia 22, é a vez das unidades escolares de Porto Nacional e Gurupi. Na quinta-feira, 23, a caravana do Carnaval do Bem chega a Arraias e Dianópolis. No dia 24, o encerramento das ações ocorrerá com os estudantes da Capital.

De acordo com a Secretaria de Estado da Comunicação Social (Secom), a campanha contará com jingles, que serão veículos nos canais oficiais de comunicação do Governo e nas rádios do Estado, banners, adesivos, flyers com dicas de segurança, posts em redes sociais e carro de som para divulgação nas cidades do interior. “O Carnaval do Bem é uma campanha permanente que está na sua terceira edição. Nossa intenção é levar a mensagem para o maior número possível de foliões em todo o Estado”, disse a titular da Secom, Kênia Borges.

A campanha Carnaval do Bem é realizada pelo Governo do Tocantins, por meio das secretarias de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc); da Comunicação Social (Secom); da Saúde; da Cidadania e Justiça (Seciju); além do Departamento Estadual de Trânsito do Tocantins (Detran/TO), da Polícia Militar (PM) e prefeituras. As atividades iniciaram no dia 15 deste mês e seguem até o fim do período de Carnaval.

Operação Carnaval e Infraestrutura

Entre os dias 24 e 28 de fevereiro, a Polícia Militar realizará a Operação Carnaval 2017, que tem o objetivo de promover a ordem e a tranquilidade durante o feriado prolongado. A ação empregará o efetivo administrativo e operacional de policiais nas cidades onde ocorrem festividades de Carnaval com grande aglomeração de pessoas.

Dentre as ações policiais a serem realizadas, estão o policiamento ostensivo a pé e motorizado durante a folia, a realização de blitze e a abordagem pessoal e veiculação nos perímetros urbanos e rurais, além da intensificação da presença da Polícia Militar, transmitindo ao cidadão um aumento de segurança e a redução nos índices de ocorrências.

O intuito da Operação Carnaval 2017 é coibir delitos praticados por infratores, visando assim, proteger o patrimônio, garantir a segurança, o bem-estar e a tranquilidade social.

Já o Corpo de Bombeiros Militar inicia nesta sexta-feira, 24, a fiscalização dos espaços que irão promover eventos de Carnaval em todo o Tocantins. Até essa terça-feira, 21, a Diretoria de Serviços Técnicos havia recebido 22 projetos. Destes, 12 foram aprovados e 10 reprovados.

Mais de 480 mil preservativos

A Secretaria de Estado da Saúde está disponibilizando preservativos masculinos e femininos para atender a todos os municípios do Tocantins no período de carnaval. A pasta possui em estoque mais de 440 mil unidades de preservativos masculinos e 40 mil de preservativos femininos, além de mais de 160 mil unidades de gel lubrificante. A meta é ampliar cada vez mais o acesso aos preservativos pela população e em especial aos jovens.

Já a Hemorrede, no período que precede o feriado de Carnaval, vem realizando coletas programadas e externas, bem como reuniões/palestras orientativas com foco na sensibilização e na conscientização da importância da doação de sangue como ato altruísta e de responsabilidade social.

O Projeto Vida no Trânsito também integrará o time da Saúde que dará apoio ao Carnaval do Bem.“Estamos traçando estratégias para o Carnaval e nossas ações serão voltadas para o público de escolas e rodovias, porque temos como parceira a Seduc, que vai realizar ações em 13 regionais, e a Polícia Rodoviária Federal [PRF]”, disse Simone Gondim, da Gerência de Doenças e Agravos Não Transmissíveis da Secretaria de Estado da Saúde.

Também são parceiros do Projeto Vida no Trânsito no Tocantins, o Corpo de Bombeiros Militar, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), a Secretaria Municipal de Saúde, a Secretaria Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT), o Detran e a Polícia Militar.

Recomendação do MPE

Por orientação do Ministério Público Estadual (MPE), o Governo do Tocantins não irá promover eventos ou apoiar as festas carnavalescas realizadas neste período no Estado. A Recomendação 008/2016 pede que o Executivo se abstenha em realizar eventos, tendo antes que investir em Saúde, Educação e Segurança Pública.