Cultura

Foto: Divulgação

A Secretaria da Cultura e do Turismo de Porto Nacional realizou uma pesquisa qualitativa após a realização do carnaval e obteve um resultado que só tem a comemorar. Em todos os quesitos pesquisados as respostas que consideravam ótimo ou bom superaram em muito as de regular ou ruim.

Questionados sobre a segurança na cidade e no circuito durante o carnaval, 43% das pessoas entrevistadas consideraram ótima e 41% boa, 10% acharam regular e 4% ruim. 2% não responderam. O resultado de ter tido 84% das pessoas entrevistadas avaliando como boa e ótima é facilmente comprovada quando vemos o balanço divulgado pela PM e outras forças policiais que atuaram no evento. Segundo a PM, o carnaval de Porto Nacional foi seguro e sem ocorrências relevantes.

Foi também questionado sobre a organização geral do evento que também recebeu entre ótimo e bom 89%. Sobre os shows nacionais 89% disseram ter sido ótimo e bom e quanto aos shows regionais 84% ficaram entre ótimo e bom.

Fomento à economia

Desde o primeiro momento que o prefeito Joaquim Maia (PV) lançou o carnaval ele já anunciava que um dos seus objetivos era promover o movimento no comércio local. O crescimento das vendas junto aos restaurantes, bares, postos de gasolina e outros, bem como e prestação de serviços como os prestados pela rede hoteleira foi visível durante o período. A pesquisa demonstrou que 67% das pessoas entrevistadas disseram ter gastado até R$ 500 reais, enquanto 15% afirmaram ter gasto de 500 a mil reais. 5% dos entrevistados declararam um gasto superior a mil reais.

Outra informação importante levantada pela pesquisa foi a satisfação dos barraqueiros e ambulantes. 86% dos entrevistados declararam ter sido ótimo e bom, demonstrando satisfação no rendimento de seus negócios. “O carnaval foi ótimo para nós. Há muito tempo não participávamos de um evento que nos desse lucro. Foi bem organizado e deu oportunidades para todos”, disse Zeca Rufo.

“Fizemos um carnaval seguindo a orientação do prefeito Joaquim Maia que era a de resgatar a cultura portuense e promover a economia local. A pesquisa nos mostrou que estávamos no caminho certo”, comemorou o secretário de Cultura e Turismo, Arnaldo Bahia.

Sobre o questionamento se retornaria a Porto Nacional para o carnaval em 2018, 92% disseram sim e 8% não responderam, o que já deixa claro que o próximo ano será ainda melhor.