Saúde

Foto: Valdo França

O Dia D de mobilização nacional da campanha contra a gripe acontece neste sábado, 13, quando os postos de vacinação ficarão abertos em todo o País.

Idosos, crianças de seis meses a quatro anos, professores das redes pública e privada, trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, pessoas privadas de liberdade, adolescentes que cumprem medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) da Capital para se vacinar contra a gripe.

Para a  campanha de imunização que teve início no dia 17 de abril  e se estenderá até o dia 26 de maio foram disponibilizadas 400 mil doses redistribuídas pelo Governo do Estado aos 139 municípios. A meta este ano é vacinar 371 mil pessoas.

O objetivo do Ministério da Saúde é vacinar 90% da população considerada de risco para complicações por gripe. A meta de vacinação deste ano aumentou devido aos índices alcançados nos últimos anos, que ultrapassaram 80%. O ano de 2016 foi o primeiro em que este índice ultrapassou 90% e atingiu 93,5% de cobertura vacinal.

A enfermeira da Gerencia de Imunização da Secretaria de Estado, Greicy Rivello informa que  não haverá  previsão de prorrogação da campanha. “Por isso é extremamente importante que o público alvo procure as unidades de saúde para receber a dose”, orientou.

Números

A técnica esclarece que até agora o Tocantins atingiu apenas 32% da meta, porém um dos fatores que contribui para esse índice é a falta de  inclusão de dados pelo municípios, no site da campanha. “Assim muitos municípios ainda apresentam  uma cobertura abaixo do preconizado pelo Mistério da Saúde”, concluiu.

Por: Redação

Tags: Campanha de Vacinação, Greicy Rivello