Educação

Foto: Divulgação Campus da UFT Palmas Campus da UFT Palmas

A Universidade Federal do Tocantins (UFT), através do Consuni - Conselho Universitário - deve votar até o dia 28 de junho, os nomes que serão indicados para a lista tríplice, na disputa pela vaga de reitor da instituição pelo quadriênio 2017 -2021. Segundo a assessoria de comunicação da instituição, ainda não há registro de chapa para concorrer na consulta eleitoral, mas os candidatos têm até o dia 23 de maio para realizar inscrição de chapa. 

O processo de nomeação do novo reitor é em consequência do falecimento da reitora. Auler veio a óbito em 1º de maio, por complicações na saúde. A data limite para o período de vacância do cargo de reitor é de 60 dias, delimitando 28 de junho como prazo final. Porém, o prazo poderá sofrer alteração, uma vez que as entidades representativas dos docentes, técnicos administrativos e discentes, ainda discutem a realização de uma consulta ao Ministério da Educação (MEC) sobre a possibilidade de ampliação do prazo para a indicação da lista tríplice.

Os três nomes mais votados serão enviados ao MEC. O novo reitor deve ser nomeado pelo presidente da República. 

Segundo a assessoria de comunicação da UFT, haverá deliberação nos próximos dias sobre a composição de comissão para a organização do processo, levando em conta a realização da consulta eleitoral prévia à comunidade universitária. 

Enquanto o novo reitor não é nomeado, o vice-reitor Luís Eduardo Bovolato, administra a Universidade.