Polí­cia

No dia 29 de junho de 2017, o Estado do Tocantins sediará o 1º Seminário Internacional de Polícia Comunitária, que acontecerá no Quartel do Comando Geral (QCG) em Palmas, a partir das 19h. O evento encerrará as visitas técnicas de uma comitiva da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e da Japan International Cooperation Agency (JICA), a qual acompanhará as atividades de prevenção criminal fundamentadas na filosofia de polícia comunitária desenvolvidas no estado, fruto do Acordo de Cooperação Técnica para difusão do policiamento comunitário em âmbito estadual.

O Tocantins, mesmo sendo o Estado mais novo da federação brasileira, procura desenvolver cotidianamente metas e estratégias que consolidem a filosofia de polícia comunitária. Essa filosofia de trabalhar segurança pública tem foco na prevenção da violência e da criminalidade, pois estas merecem uma resposta eficaz e efetiva das instituições e da sociedade de maneira geral, ou seja, instigar a participação social consolidada numa gestão de parceria entre comunidade e Forças de Segurança Pública.

O referido seminário terá como palestrantes a perita de longo prazo da Polícia Nacional do Japão, Hisami Ohasi, que abordará o Policiamento Comunitário Japonês, em especial o modelo Koban e o Secretário Municipal de Segurança de Marituba/PA Coronel PM Osmar da Costa Júnior, que discorrerá sobre os instrumentos de fortalecimento da filosofia de polícia comunitária como prática de segurança pública eficiente e eficaz.

O evento é fruto de uma parceria entre o estado do Tocantins com a SENASP e a JICA e será organizado pela Secretaria da Segurança Pública, por meio da Assessoria de Polícia Comunitária, e a Polícia Militar, por intermédio do Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais, em parceria com a Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Civil.

O seminário é destinado aos integrantes das forças de segurança pública, sociedade civil, lideranças comunitárias, membros de conselhos comunitários de segurança (Consegs), estudiosos e pessoas interessadas no tema.  As inscrições poder ser feitas, por meio do formulário eletrônico, disponível nos sites do governo ou por telefone.