Cultura

Foto: Marcio Vieira

Com muita dedicação e talento, os integrantes do Balé Popular do Tocantins foram aprovados na seleção do Festival Internacional de Dança de Goiás, que acontece de 4 a 9 de julho no

Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia. Os tocantinenses irão competir com cinco coreografias e concorrer à premiação em dinheiro que varia de R$ 2 mil a R$ 15 mil.

O primeiro grupo do Tocantins viaja para a capital goiana na próxima segunda, 3 de julho. Os 14 dançarinos apresentarão duas coreografias, na categoria infantil. No dia 5, quarta-feira, é a vez dos 22 bailarinos da turma juvenil embarcarem para a mostra competitiva, para disputarem com três coreografias.

Um dos professores do grupo, Jefferson Marques, contou que a preparação dos bailarinos tocantinenses tem sido intensa para garantir bons resultados na competição. “Estamos ensaiando de segunda a sábado e muitas horas por dia. É uma verdadeira maratona de treinamento, nesta reta final, com aulas específicas para as turmas que vão participar do festival”, relatou.

Segundo Jefferson, apesar de ansiosos com a competição, os dançarinos do Tocantins têm grandes chances de serem premiados. “A ansiedade é enorme para eles, principalmente para a turma infantil que vai competir pela primeira vez em um festival. Estamos confiantes, por conhecer o comprometimento, a dedicação e o talento do grupo que está bem preparado e com condições de competir em condições de igualdade. Queremos muito ganhar, porém esse não é nosso principal objetivo. A intenção é proporcionar essa vivência a eles, para que conheçam companhias de outros estados e até internacionais, vejam o nível da dança deles e aprendam com essa experiência”, ressaltou. 

O Festival Internacional de Dança de Goiás é uma realização do Studio Dançarte, em parceria com o Governo de Goiás e o Conselho Brasileiro da Dança (CBDD). Bailarinos de todo o Brasil apresentarão coreografias de ballet clássico, dança contemporânea, jazz, sapateado, danças urbanas, danças populares e estilo livre. O Balé Popular irá competir nas categorias infantil e juvenil com as coreografias: Encontros e Despedidas; Um Novo Tempo; Pool Party; O Retorno e O Arraiá das Bailarinas.

A quinta edição do Festival inclui ainda atividades como workshops com profissionais renomados do Brasil, Chile e México. As aulas serão ministradas pela chilena Natalia Berrios, o mexicano Omar Carrum e os brasileiros Alice Arja, Cristina Helena, Danilo Santana, Tíndaro Silvano, Eliane Fetzer, Erick Gutoerrez, Karla Mendes e Israel Alves.