Polí­tica

Foto: Divulgação

Com foco nas eleições do próximo ano, a senadora tocantinense Kátia Abreu (PMDB) inaugurou na noite desta segunda-feira, 3, uma extensão de seu gabinete do Senado em Palmas/TO. No lançamento, a senadora não poupou críticas à gestão do governador Marcelo Miranda (PMDB), chegando a comparar o Tocantins de hoje ao período em que ainda era parte da região norte de Goiás.

“O Tocantins vive atualmente  uma crise sem precedentes, uma crise que massacra sua população. Uma crise que esmaga a educação, a saúde, o emprego e a segurança pública. O nosso querido Estado realmente está doente. Estamos abandonados como  nos velhos tempos, em que éramos um nortão de Goiás. O Estado parou e, ao parar, abandonou crianças, jovens, pais famílias e idosos. O governo não cuida mais das pessoas. Estamos todos exaustos e humilhados”, atacou Kátia Abreu.

Segundo ela, o espaço inaugurado teria o propósito de reunir lideranças políticas para “reconstruir” o Tocantins.  “O nosso Estado está doente e precisa de todos nós para curar essa doença trágica. A doença da má gestão, a doença da ineficiência, da falta de rumos, da falta de alegria, da falta de otimismo, de fé e de projetos de que o nosso estado tanto tem saudade”, disse.

As principais lideranças políticas presentes no evento eram o deputado federal Irajá Abreu (PSD), filho da senadora; o suplente de Kátia no Senado, Donizeti Nogueira;  e o ex-suplente Marco Antônio Costa, o deputado estadual Toinho Andrade, o prefeito de Jaú do Tocantins, Onassys (PSD), o ex-prefeito Valtenis Lino, que hoje comanda uma associação de ex-prefeitos que, segundo ele, tem a senadora como “madrinha”; e o ex-governador Raimundo Boi. Alguns ex-deputados estaduais, ex-prefeitos e vereadores também prestigiaram o evento.

Nome ao governo

Em entrevista logo após sua chegada ao local do evento, a senadora optou por uma fala que valorizava a abertura para composições, quando perguntada sobre seu projeto político ao governo do Estado. “Acredito que temos que, no momento, discutir pra valer com todas as pessoas, todos os segmentos, um projeto e depois identificar quem melhor está preparado para comandar esse projeto. Não pode ser o contrário, um projeto em torno da Kátia Abreu. O projeto é em torno do Tocantins e aquele que se encaixar melhor na opinião pública e nesse projeto que será construído por todos nós é a pessoa adequada para governar o Estado”, disse ela.

Em seu discurso, porém, foi mais enfática. “Chegou uma hora importante da minha vida onde eu quero, vou e estou integralmente à disposição do meu estado e de nossa gente. O Tocantins está precisando de mim. O Tocantins está precisando de nós. De cada um de vocês de que estão aqui”.

Governo Temer

No discurso, que durou menos de 15 minutos, não faltaram críticas também à gestão de Michel Temer (PMDB) na Presidência da República. Kátia apontou a crise atual, tanto política quanto ética, como a mais grave da história. “O grupo que ocupa hoje a Presidência da República não governa mais, apenas se defende das acusações diárias, não dos adversários, mas do procurador geral da República. Isso é grave. Não existe mais governo. Não existe mais ação de governo”, atacou.

Localização

O novo gabinete está localizado na Avenida JK, na Quadra 110 Norte, em Palmas.