Campo

Foto: Divulgação

As atividades do curso de Inseminação Artificial em bovinos começam nesta quarta-feira, 26, com aulas práticas e teóricas em uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e a empresa Alta Genectics. As aulas encerram na sexta-feira, 28, no Centro Agrotecnológico de Palmas/TO.

Para o zootecnista e gerente de Pecuária da Seagro, Alan Oliveira, a tecnologia utilizada é uma ferramenta essencial para o melhoramento genético e o aumento da eficiência reprodutiva do rebanho bovino. “Além de ser uma oportunidade de capacitação dos técnicos, produtores e interessados, o curso ainda reserva 20% das vagas para os técnicos extensionistas do Estado”, destacou.

Metodologia

Em cada curso, são oferecidas dez vagas para que produtores tenham a oportunidade de aprender as técnicas para melhorar a eficiência reprodutiva dos seus rebanhos. Os alunos passam por aulas práticas conhecendo, passo a passo, como funciona o sistema de produção por inseminação artificial. Nas aulas teóricas, os participantes conhecem sobre os incentivos e vantagens da IA; anatomia e fisiologia do sistema reprodutivo da fêmea bovina; prática em peças anatômicas e simuladoras; reconhecimento em vaca no cio; cio e momento adequado para a inseminação.

E ainda, na parte teórica, descongelamento de sêmen; manejo do botijão e montagem do aplicador; prática de passagem de aplicador em vacas e; por último, conceito básico sobre a Inseminação Artificial de Tempo Fixo (IATF).

As aulas práticas devem ocorrer na parte da tarde de quinta-feira e na manhã de sexta-feira, ocasião em que os alunos colocam em prática o aprendizado das aulas teóricas.

Público-alvo

O curso é direcionado a gerentes de fazendas, tratadores, pecuaristas, produtores, acadêmicos de ciências agrárias e pessoas interessadas no uso da tecnologia da inseminação artificial.

As datas previstas do curso são: de 26 a 28 de julho; 29 de agosto a 1ª de setembro, 26 a 29 de setembro; e de 24 a 27 de outubro.