Polí­tica

Foto: Divulgação Vereador Filipe Fernandes encaminhou ofício convocando o secretário Vereador Filipe Fernandes encaminhou ofício convocando o secretário

O vereador Filipe Fernandes (PSDC) presidente da Comissão de Políticas Públicas Sociais, da Câmara Municipal de Palmas, encaminhou ofício convocando o secretário de Desenvolvimento Econômico e Emprego do município de Palmas, Kariello Coelho para prestar esclarecimentos a respeito do Projeto do Shopping a Céu Aberto na Avenida Tocantins, em Taquaralto.

A convocação se deu após o presidente da comissão receber um requerimento do vereador Rogério Freitas, solicitando a comissão que o secretário compareça à Câmara Municipal para responder aos questionamentos dos parlamentares. A obra do Shopping a Céu Aberto, que já está em andamento, tem sido pauta de muitas discussões gerando muitas dúvidas que deveriam ter sido sanadas anteriormente, porém não foram esclarecidas pelo Poder Executivo.

De acordo com Filipe Fernandes, a convocação se faz necessária pois de acordo com os comerciantes da região impactada, a obra estaria causando transtornos e prejuízo aos mesmos, por estar afetando o fluxo do comércio gerando desconforto e preocupação aos proprietários de estabelecimentos comerciais da avenida Tocantins.

“Na última quarta-feira, 9, participei de uma reunião com os comerciantes da avenida Tocantins, e saí de lá bastante preocupado com a situação deles. Todos os questionamentos que estamos fazendo desde as primeiras discussões a respeito do projeto vem da necessidade de levar respostas aos comerciantes que estão insatisfeitos pela forma que a obra foi imposta a eles pela gestão, sem a abertura franca de diálogo e principalmente sem ouvir a opinião dos proprietários que de lá tiram o sustento de suas famílias e empregam pais e mães de família da nossa Capital”, explica o presidente da Comissão de Políticas Públicas.

Para Fernandes a convocação do secretário será necessária para que os parlamentares tenham acesso a toda documentação que foi necessária para a execução da obra, bem como os relatórios da gestão municipal a respeito de impactos resultantes da implantação da obra.

“Precisamos entender como uma obra tão polêmica como está sendo executada e se a mesma foi projetada atendendo a real necessidade dos comerciantes e moradores locais. De nada vale implantar algo que possa trazer prejuízos para a nossa comunidade. Precisamos desses esclarecimentos”, finaliza Filipe Fernandes.

O ofício será encaminhado ao secretário para que o mesmo possa informar a Comissão de Políticas Públicas Sociais quando irá comparecer a convocação para prestar os devidos esclarecimentos.