Educação

Foto: Divulgação

Na última quarta-feira (16), o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado do Tocantins (Sintet/TO) realizou assembleia com a rede municipal de educação para tratar de demandas da categoria, como a data-base, progressões, eleição para diretor, retroativos e PCCR em dia. 

Na assembleia, os profissionais da educação votaram pela continuidade do indicativo de greve, que foi votado em assembleia no dia 17 de junho. Além disso, foi definido que ações mais incisivas de cobrança à gestão municipal serão realizadas pela categoria no decorrer desta semana.

Segue a programação:

- Terça-feira (22): “Adesivaço” em frente à Prefeitura de Palmas. Concentração a partir das 17h00. 

- Quarta-feira (23): Panfletagem em frente à Escola Municipal Estevão Castro (Aureny III – Taquaralto). Concentração a partir das 17h00. 

- Quinta-feira (24): Panfletagem em frente a todas as unidades escolares de rede municipal. 

- Sexta-feira (25): Ato público na Avenida Tocantins (Taquaralto). A concentração será a partir das 17h00, no Posto do Trevo. 

Assembleia

O Sintet convoca todos os trabalhadores para a assembleia que será realizada no dia 28 de agosto, às 18h30, no Parque Cesamar. O sindicato reforça a importância da categoria neste momento decisivo para a educação municipal. 

O presidente Regional do Sintet, Fernando Pereira, demonstrou sua indignação com a falta de compromisso da atual gestão. “Durante esse período, vamos intensificar as ações para desmascarar o prefeito Carlos Amastha, que vem promovendo seu show midiático, principalmente nesse momento antecedente a próxima eleição, o que demonstra claramente a busca desenfreada por mais poder. Estamos diante de um prefeito que não cumpre o que promete, a prova disso é o calote que estamos sofrendo na educação, assim como o não cumprimento do acordo de greve desde 2015”, concluiu.

Por: Redação

Tags: Fernando Pereira, Sintet