Polí­cia

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), por meio da Delegacia Geral de Polícia Civil, esclareceu ao Conexão Tocantins por meio de nota na manhã desta quarta-feira, 23, que o caso envolvendo a disputa de terra em Ipueiras/TO, está sendo investigado pela Delegacia de Repressão a Conflitos Agrários (DRCA), e que a Polícia Civil vem trabalhando no sentido de apurar o verdadeiro proprietário do terreno.

A SSP informou que todas as vezes que os envolvidos procuraram a delegacia, foram atendidos, e que a delegada titular da DRCA, Ludmilla Cristian Cesarino, desconhece o momento em que deixou de atendê-los ou de ter demonstrado estar do lado de alguma das partes envolvidas.

Por fim, a SSP esclareceu que a DRCA continua investigando este caso, assim como outros casos semelhantes envolvendo a disputa de terra em todo o Estado do Tocantins.

Entenda

No último sábado uma pessoa foi assassinada e outra ficou ferida durante tiroteio no Rio Tocantins em uma área próxima Acampamento Clodomir Santos de Morais, do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), localizado no município de Ipueiras/TO e defronte para o município de Brejinho de Nazaré/TO.

Os sem-terra do local vem denunciando sistematicamente a ação de pistoleiros no local que, para intimidá-los, estariam efetuando disparos de arma de fogo nos arredores do acampamento com o intuito que as famílias saiam da área, que, supostamente, seria da propriedade da Investco e é alvo da disputa pela posse por parte de diferentes grupos.

Segundo integrantes do MST, os fatos foram denunciados na Delegacia de Conflitos Agrários, para a delegada Ludmilla Cristian Cesarino, mas, segundo os Trabalhadores Sem Terra, as atitudes da titular teriam demonstrado estar do lado dos supostos grileiros, dentre os quais o vice-prefeito de Brejinho de Nazaré, João Neto, que nega participação nos fatos. Sobre tal atitude da delegada, o Conexão Tocantins solicitou posicionamento da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP/TO) em outras oportunidades maas apenas hoje obteve resposta.