Palmas

Foto: Divulgação

Neste próximo sábado, 23 de setembro, em que se comemoram os 20 anos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e o Dia do Agente de Trânsito, a Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu) reforça a Operação Lei Seca com blitze, que começam nesta sexta-feira, 22, e ações educativas em bares e restaurantes da Capital, alertando sobre os perigos de ingerir bebida alcoólica e dirigir.

A equipe de Educação para o Trânsito da Sesmu fará abordagens a partir das 21 horas, com etilômetro e adesivaço com praguinhas de “ME LEVA” àqueles que não estiverem aptos a dirigir e de “TE LEVO” aos que forem escolhidos como amigo da vez.

“Vamos reforçar que o respeito às normas do código traz maior segurança viária. E como em Palmas o maior fator de risco ainda é o álcool, nossa abordagem será nos bares e locais de grande concentração de pessoas que estiverem ingerindo bebidas com teor alcoólico”, lembra o gerente de educação para o trânsito, Celestino Pessoa.

Para o secretário da pasta, Major Leonardo Coelho, o intuito é criar na sociedade palmense uma cultura de que, ao sair para beber, o motorista deva eleger o amigo da vez ou optar por voltar de táxi. “Atitudes pequenas como essa salvam vidas, não apenas a do condutor, mas também de outros que não estavam sobre o efeito de álcool, mas acabam sendo atingidos pela irresponsabilidade de outros.”

Fiscalização

Segundo o superintendente de Fiscalização da Sesmu, Antônio Portelinha, a operação de Lei Seca, com blitz repressiva, começa nesta sexta-feira, 22, e prossegue durante todo o final de semana. Os agentes de trânsito, em conjunto com a Guarda Metropolitana de Palmas (GMP), estarão em pontos estratégicos da cidade.

“Às vezes é preciso que se autuem motoristas que estão com condutas irregulares, mas tudo dentro do que determina o CTB e no intuito de reduzir o número de acidentes e preservar as vidas dos que trafegam pelas vias da nossa cidade”, explica Porteilnha.