Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora Kátia Abreu (PMDB/TO) disse, no encontro de lideranças políticas da região Norte do Estado, que o Tocantins não foi criado para ser miserável e que é preciso unir os segmentos da sociedade organizada para construir um projeto que tire o Estado da estagnação. A reunião ocorreu no sábado, 23, e reuniu mais de 500 pessoas de aproximadamente 30 municípios da região Norte, na chácara do ex-deputado estadual, Raimundo Palito, em Araguaína/TO. 

“É preciso sentar as cabeças pensantes da política, da classe empresarial, dos trabalhadores, das ONG’s, dos movimentos sociais, de todos os seguimentos para construirmos um projeto de longo prazo para desenvolver o Tocantins. Esse projeto deve incluir o pilar mais importante, o de transformar o Tocantins em um Estado de base tecnológica, pois não somos um Estado só da agropecuária, nós temos o minério, temos turismo, temos áreas enormes para agricultura irrigação e temos grande potencial de produção de energia limpa, como a fotovoltaica, energia solar e das placas solares”, disse a senadora.

Kátia Abreu ainda disse que o Tocantins pode ser o maior fornecedor de energia solar do Brasil e América Latina. “Vamos voltar o Tocantins para a vocação que ele foi criado pelo ex-governador Siqueira Campos e por todos nós, para o desenvolvimento e para a felicidade e o bem-estar das famílias”, disse.   

Últimos 10 anos

Kátia Abreu fez uma análise sobre as gestões estaduais dos últimos 10 anos no Estado e defendeu a legalidade no âmbito da sociedade. “Eu não quero aqui fazer um discurso moralista do bem contra o mal, mas ser honesto, ser legal e ser digno não é bandeira de ninguém é obrigação de todos os brasileiros. O que o nosso Estado precisa é voltar para o caminho para o qual ele foi criado. Lembram-se da energia das nossas famílias que chegavam de outros estados? Das obras que tomavam conta do nosso Estado? Hoje o que está faltando para o nosso Tocantins é projeto de vida, as famílias não podem planejar suas próprias vidas e nem a vida de seus netos, porque nos últimos 10 anos vivemos a insegurança jurídica da cassação e renúncia de governantes”, lembrou a senadora.

Objetivo do Encontro

O encontro teve como objetivo ouvir as demandas dos municípios e discutir estratégias que possam solucionar os problemas da região.

As principais dificuldades apontadas pelas lideranças foram relacionadas à segurança pública, a saúde, educação, habitação, social dentre outras.

Participaram do evento prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, ex-deputados estaduais, federais, líderes comunitários, religiosas e instituições da sociedade civil organizada.

Por: Redação

Tags: Kátia Abreu, Raimundo Palito, Senado