Esporte

Foto: Divulgação

Os principais atletas do ciclismo de estrada do Tocantins iniciam os duelos pelo título de campeão estadual na primeira etapa do Campeonato Tocantinense, no domingo, 1º de outubro. Só poderá disputar atleta filiado à Federação Tocantinense de Ciclismo (FTC), entidade responsável pela prova.

A disputa, no domingo, será no percurso da rodovia estadual que liga Peixe a Gurupi, no Sul do Estado, com 70 km de distância. A FTC estima que cerca de 40 atletas disputem a prova de estrada, nas categorias oficiais da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), masculino e feminino.

Ao mesmo tempo, a entidade promove também o 1º GP de Ciclismo, na disciplina de Mountain Bike, com as categorias Elite (masculina e feminina para atletas até 39 anos) e master (feminino e masculino, com atletas acima de 40 anos). Para essa prova, o atleta não precisa ser filiado à FTC, que espera reunir 60 atletas de MTB.

Atletas

Entre os atletas esperados para a disputa do título estão os integrantes da Seleção Tocantinense que foram à Copa Norte Nordeste, disputada em agosto, no Maranhão, quando o Tocantins conquistou o 4º Lugar.   

Nas categorias de bases, as expectativas giram em torno de Willians Bezerra Júnior e Yana Camargo, medalhas de ouro no Maranhão nas categorias juvenis (masculina e feminina).  

Na Júnior Feminina, a principal atleta é Ana Beatriz Nazeozeno, enquanto na Júnior Masculino, os destaques são  Maycon Douglas Carvalho, 9º no Maranhão, Mateus Moreira Sousa e Carlos Eduardo Celedonio, o Cadu.

Na master A1, nomes como Darcisio Lima (Cabeça) e Vinícius Moura (Cagado) estão no páreo. Na master A2, Sergio Nazeozeno (Torinha), Márcio Abreu (Betel) e Roberto Santos (Maranhão) devem se enfrentar pelo título.  

Na master B1, Júnio César (Cowboy), medalha de ouro no Maranhão é o grande destaque, ao lado de Aurélio Machado, ciclista de Araguaína. Na master B2, Euvaldo Carvalho (Tio), também da seleção tocantinense está confirmado. Na master C, Valdemir Lopes Lima e Marcelo Leão são os principais nomes.

A grande disputa, porém, será na Elite Masculina, a principal categoria da prova, que não tem um grande favorito. Entre os atletas aptos à disputa estão os que defenderam a seleção tocantinense no Maranhão, caso de Evandro Amaral (Carroceiro), 4º no Maranhão, na prova de resistência, Maicon Douglas (8º na resistência a Norte e Nordeste) e atletas como Marco Aurélio (Super Mário), Bruno Silva (Babu), Glauber Barbosa e Luis Ricardo Miranda, entre outros.

Já na Elite Feminina, o principal nome é Patrícia Figueira, terceiro lugar na Norte Nordeste deste ano. A categoria conta ainda com as atletas Isadora Gratão e Marisa Martins, que defenderam a seleção tocantinense na Norte e Nordeste.

Inscrições

As inscrições, tanto para estrada quanto para MTB, terão valor único de R$ 25 e poderão ser feitas no dia da prova. A concentração dos atletas será às 6h30, na saída para a cidade de Peixe. 

A saída de Gurupi para Peixe, em carreata sairá as 7 horas. Haverá dois ônibus e caminhões para transportar atletas e bike para a largada em frente ao posto de combustível. Os veículos das equipes, atletas e convidados vão ficar no local da chegada, onde haverá tendas com frutas e hidratação.

Disputado em três etapas o Estadual de Ciclismo de Estrada terá ainda uma etapa em Dianópolis no dia 29 de outubro e a terceira e última etapa, dia 26 de novembro, em Palmas.