Polí­tica

Foto: Divulgação O ex-governador Siqueira Campos se posicionou contrário à transposição do Rio Tocantins O ex-governador Siqueira Campos se posicionou contrário à transposição do Rio Tocantins

O ex-governador do Tocantins Siqueira Campos (sem partido) se manifestou contrário ao projeto de lei em tramitação no Congresso Federal que prevê a a transposição de águas do Rio Tocantins para o Rio São Francisco. A proposta é de  autoria do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) e foi aprovada no dia 30 de outubro na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, em caráter conclusivo, e seguirá para discussões e votação no Senado.

“Sobre a transposição das águas do Rio Tocantins para o Nordeste brasileiro. Eu sou nordestino, no entanto eu sou contra porque isso fere os interesses de ambos os lados. Esse [projeto] que está aí eu não aceito, eu não sou favorável. É preciso que o pessoal entenda que as águas do Rio Tocantins não podem ser levadas para qualquer outro lugar. Outro ponto: o Rio Tocantins não é inesgotável. Eu sou contra e o nosso estado não merece isso e eu estou às ordens para falar sobre o assunto quando qualquer pessoa quiser”, declarou o ex-governador em um vídeo divulgado na manhã desta terça-feira, 14.

O  projeto de Lei nº 6569/2003 prevê a inclusão no Plano Nacional de Viação, da interligação entre o Rio Tocantins e o Rio Preto, localizado no oeste da Bahia e que faz parte da bacia hidrográfica do Rio São Francisco, com o propósito de assegurar a navegação desde o Rio São Francisco até o Rio Amazonas. Trata-se de um projeto antigo, tendo sido apresentada ainda no ano de 1990, por meio do Projeto de Lei de nº 4797, matéria que foi reapresentada em 2013, agora com o nº 6569.

Até o mês de agosto, quando ainda estava em discussão na CCJ, a maioria dos políticos tocantinenses ainda não tinha posicionamento sobre o tema. Na ocasião, o site Conexão Tocantins entrou em contato com todos os parlamentares do Estado e também com o ex-governador Siqueira Campos para ouvi-los acerca do projeto. Na época, apenas os deputados Josi Nunes (PMDB) e Lázaro Botelho (PP) se posicionaram.

Após aprovado na Comissão, têm sido frequentes nesta última semana as manifestações de tocantinenses sobre a matéria. O presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), disse que está se mobilizando para evitar a aprovação. A senadora Kátia Abreu (PMDB), que vai ser relatora do projeto na Comissão de Serviços e Infraestrutura do Senado, também se manifestou contrária à transposição.