Polí­tica

Foto: Divulgação

Com o tema “A Tecnologia e a Construção da Democracia”, o ex-juiz de direito e advogado Márlon Reis, 47 anos, apresentou a estudantes do Bico do Papagaio (região norte do Tocantins) o aplicativo 'Mudamos' e debateu inovações tecnológicas em benefício da população. A palestra foi realizada no campus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), em Araguatins, durante o IFORFEST (Festival do IFTO Campus Araguatins), que tem objetivo de integrar saberes, entretenimento e cultura.

“A juventude está ansiosa por maior participação democrática. O que pude testemunhar durante a palestra no IFORFEST em Araguatins foi uma grande curiosidade dos alunos e demais participantes em relação ao Mudamos e um grande desejo de participação mais efetiva na definição das leis. Existe um sentimento de cidadania muito forte no Tocantins”, afirmou Márlon Reis, que ao final do evento conheceu diversos projetos tecnológicos desenvolvidos pelos alunos.

O aplicativo 'Mudamos' permite colher assinaturas para projetos de lei de iniciativa popular. Desenvolvido por Márlon Reis e pelo diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro, Ronaldo Lemos, o Mudamos foi criado em março deste ano e já tem mais de 600 mil usuários no país. Na semana passada, Márlon Reis e Ronaldo Lemos receberam o prêmio “Gol Novos Tempos”, da empresa aérea Gol Linhas Aéreas, justamente pelo desenvolvimento da ferramenta.

Coordenador do evento, o professor de Ciências da Computação do IFTO, José Mendes de Menezes Junior, afirmou que a palestra foi oportunidade para os alunos terem informações sobre a necessidade de intensificar espírito inovador na sociedade.  “Incrível. Marlon pôde trazer para a juventude a importância de unir tecnologia às nossas questões políticas e a democracia e nos mobilizarmos. Não só através do Mudamos, mas de novas ideias para que o espírito inovador na sociedade seja intensificado”, disse.

Já a servidora do IFTO Aline Correia destacou a presença de Márlon Reis novamente na instituição de ensino para compartilhar suas experiências. “Os alunos tiveram a trajetória de vida de uma pessoa que saiu do interior do Tocantins e conquistou o mundo através da educação. Serve de incentivo para os alunos daqui. Existe um mundo além das portas das universidades e eles podem conquistar”, declarou.  

Por: Redação

Tags: Bico do Papagaio, IFTO, Iforfest, Marlon Reis