Polí­tica

O fim da CPMF foi tema de discussão durante a sessão plenária de ontem quarta-feira, dia 24. O deputado José Geraldo (PTB) pronunciou-se contra a continuidade do imposto, pois, segundo ele, os maiores prejudicados com a cobrança são os menos favorecidos. Em resposta, o líder do governo, deputado Júnior Coimbra (PMDB) ressaltou que o imposto é responsável pela manutenção de muitos programas federais que beneficiam uma grande parcela da população".

A petista Solange Duailibe disse que a taxa prejudica mais a elite do que o trabalhador"e o deputado democrata Valuar Barros afirmou que, mesmo contrapondo-se a sua correligionária, a senadora Kátia Abreu (DEM), acredita que a CPMF é necessária não só para continuar os programas sociais, mas também para que o país continue crescendo economicamente, justificou.

Já o deputado Stalin Bucar (PSDB) apoiou José Geraldo e lembrou que o imposto foi criado provisoriamente para contribuir com a área da Saúde e mesmo assim ainda há muitas deficiências, ressaltou. Outro parlamentar de oposição, Amélio Cayres (PR), foi categórico ao afirmar que é a favor do fim da CPMF".

Fonte: Dicom Assembléia Legislativa

Por: Redação

Tags: cpmf, Kátia Abreu, Política