Cultura

Pela primeira vez e seguindo um processo democrático, onde todos os municípios do Estado participaram, a Fundação Cultural do Estado realiza o maior processo eleitoral de todos os tempos. O processo de votação tem início nesta segunda-feira, 3, e termina na quarta-feira, 5. Podem votar os artistas que realizaram seu cadastro eleitoral na Fundação Cultural do Estado. Em todo o Estado 82 candidatos estão disputando uma vaga no Conselho.

A eleição do Conselho Estadual de Cultura elegerá os membros e suplentes dos segmentos de artes plásticas, artes cênicas, música, audiovisual, literatura, artesanato, comunidade dos povos indígenas, comunidades negras e quilombolas, culturas populares e patrimônio cultural material e imaterial.

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral, Sérgio Lolentino, o número de candidatos superou as expectativas e acredita que todo o processo de votação será tranqüilo. "Estamos confiantes, pois tudo foi realizado com transparência e democracia", diz Sérgio. O presidente da comissão acrescenta ainda que todo o procedimento adotado para o cadastramento e votação garantirá a segurança de todo o processo eleitoral.

A escolha dos nomes dos conselheiros e suplentes acontece por eleições diretas, mediante voto escrito e assinado a ser postado em qualquer agência dos Correios do Estado, por meio de carta registrada, através da cédula de votação constante no edital.

Para o presidente da Fundação Cultural, Júlio César, esta eleição marca um momento histórico no Estado e acredita que todo este processo contribuirá para o fortalecimento da classe e em melhorias para o setor.

Secom

Por: Redação

Tags: artistas, cultura, Estado, Municípios