Geral

O valor dos acordos fechados no primeiro dia da Semana Nacional de Conciliação chega a R$ 8 milhões. Em 4.350 audiências realizadas, 1351 processos chegaram a soluções negociadas , o que representa 31% de acordo. Foram atendidas 6.537 pessoas. Os dados são parciais e foram informados pelos tribunais até às 17h da segunda-feira (3).

Em Palmas, no Tocantins, foram feitos acordos em 57% das audiências realizadas na 2ª Vara do Trabalho. No Tribunal de Justiça de Tocantins estão marcadas 1010 audiências para a Semana. As ações envolvem reconhecimento de vínculo e rescisão contratual de trabalhadores da construção civil e do comércio. A Justiça de Trabalho do Maranhão negociou o pagamento, no primeiro dia da Semana da Conciliação, cerca de R$ 1,6 milhão em precatórios do Estado.

A maior parte das audiências e do volume negociado foi informada pela Justiça Trabalhista, que realizou 3.629 audiências, com 1.122 acordos que somaram R$ 7,8 milhões. Na Justiça Estadual, em 345 audiências, houve 111 acordos, que movimentaram R$ 38.501. Na Justiça federal, das 386 audiências, obtiveram êxito 118, totalizando R2.742 em negociações entre as partes.

Na solenidade de abertura da Semana, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministra Ellen Gracie, destacou que a iniciativa representa uma "alteração cultural do maior significado", na busca pela pacificação social.

Da redação com informações Última Instância

Por: Redação

Tags: Geral, Justiça, Tocantins