Palmas

Nesta quarta-feira, 11, um sonho antigo dos estudantes universitários da Capital se tornará realidade, graças ao investimento da Prefeitura de Palmas de mais de R$ 1,4 milhões na implantação da Casa do Estudante, que recebe o nome "Jornalista Jaime Câmara".

A solenidade de inauguração será a partir das 9 horas, no pátio da Casa, e contará com a presença do prefeito Raul Filho, do governador Marcelo Miranda, do secretário municipal de Juventude e Esportes, Kairo Bernardo, do secretário estadual de Juventude, Ricardo Ayres, e demais autoridades municipais e estaduais, além da comunidade estudantil.

Avaliado em mais de R$ 1 milhão, o terreno com uma área total de mais de 7 mil m², onde foi construída a Casa do Estudante de Palmas, foi doado pela Prefeitura de Palmas. O município, através da Secretaria Municipal de Juventude e Esporte, também investiu no ano passado R$ 340 mil para que os trabalhos fossem retomados e ainda foi responsável pelo projeto arquitetônico, elaborado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh).

Além disso, a deputada Solange Duailibe, primeira-dama de Palmas, destinou uma emenda parlamentar de R$ 75 mil para a construção. A obra também contou com a parceria do Governo do Estado, de outras emendas parlamentares, e da Universidade Federal do Tocantins, que ficou responsável pela mobília do prédio.

Casa do Estudante

Construída na Arno 21, a Casa do Estudante de Palmas está localizada estrategicamente próxima ao restaurante comunitário da região Norte e em local de fácil acesso às linhas de transporte coletivo. Com mais de 1.500 m² de área construída, a obra conta com 30 apartamentos divididos em dois pisos, áreas de convivência, refeitório, telecentro com 10 computadores e sala de estudos. Cada apartamento tem capacidade para abrigar quatro alunos e contam com mesas, cadeiras, beliches, colchões, ventiladores, armários, televisão e forno microondas. A Casa pode abrigar até 120 estudantes.

Os banheiros foram divididos entre masculino e feminino e adaptados para o acesso de pessoas com deficiência física. Os apartamentos do andar térreo também são adaptados a este público, com rampas para facilitar o acesso.

Fonte: Ascop

Por: redação,

Tags: Estudantes, Palmas