Ciência & Tecnologia

Durante a solenidade de entrega de telecentros comunitários para os 139 municípios tocantinenses, realizada na manhã desta quinta-feira, dia 26, no auditório do Palácio Araguaia, o ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB), anunciou novidades sobre o projeto que institui a Fundação Rádio e Televisão da Assembléia Legislativa. Segundo Costa, o ministério está providenciando dois canais abertos para a transmissão dos trabalhos do Parlamento, sendo um analógico e outro, digital.

Costa comentou ainda que as concessões buscam atender ao pedido do presidente da Casa de Leis, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB), que fez parte da comitiva, formada também por outros presidentes de assembléias legislativas do Brasil, que foi até o Ministério das Comunicações solicitar autorização para a abertura dos canais.

O projeto de lei complementar que institui a Fundação de Rádio e Televisão da Assembléia tramita na Casa e prevê divulgação das atividades legislativas e de programas com conteúdo informativo, cultural e educativo. Por intermédio da fundação, pretende-se ainda oferecer estágios a estudantes e prestação de serviços para a comunidade.

Solenidade

O ministro Hélio Costa esteve no Tocantins para assinar o termo de oficialização de entrega dos telecentros comunitários para todos os municípios tocantinenses, juntamente com o secretário estadual da Juventude, Ricardo Ayres e o governador Marcelo Miranda (PMDB). O presidente da Assembléia, Carlos Gaguim, foi uma das testemunhas, bem como outras autoridades presentes.

Os telecentros são parte de um política nacional de inclusão digital que tem o objetivo de levar para as 142 mil escolas públicas brasileiras o acesso à internet em alta velolidade, nos próximos 10 anos. O programa é resultado de uma parceria entre os governos federal e estadual na qual a União representa um investimento de R$ 3 milhões. A Secretaria da Juventude vai selecionar, treinar e remunerar os monitores dos telecentros nas comunidade locais.

“Com a medida, nós proporcionamos a todos os tocantinenses o acesso à internet”, declarou o governador Marcelo Miranda (PMDB), acrescentando que os telecentros são formados por 10 computadores, equipamento para acesso à Internet banda larga, câmera para monitoramento remoto, impressora a laser, estabilizadores, projetor multimídia, mesas e cadeiras.

Também participaram do evento o líder do governo na Assembléia, deputado Júnior Coimbra (PMDB), secretários estaduais e municipais, prefeitos e populares que lotaram o auditório do Palácio Araguaia.

 

Glauber Barros

Por: Redação

Tags: Assembleia Legislativa, Mundo Digital, TV