Palmas

Foto: Umberto Salvador Coelho Rosimar Mendes coordenadora da Comudhe: Rosimar Mendes coordenadora da Comudhe: "programa é resgate de uma dívida social"

Os 55 jovens do Palmas para Igualdade Racial receberam na manhã da terça-feira, 1°, o certificado de conclusão dos cursos de qualificação profissional. Agora, a Coordenação da Mulher Direitos Humanos e Equidade (Comudhe) está trabalhando para inclusão destes jovens no mercado de trabalho.

Os cursos tiveram duração de três meses, com atividades três vezes por semana, totalizando 120 horas/aula. Pela manhã, os jovens em situação de vulnerabilidade social receberam as técnicas sobre recepção e secretariado. No período da tarde, foram repassadas informações sobre vendas, tele-marketing e hotelaria.

Com o programa Palmas para a Igualdade Racial, a Prefeitura de Palmas objetiva combater o preconceito étnico e racial, além de proporcionar a inclusão desses adolescentes e jovens vulneráveis ao desemprego, a violência e à exclusão social.

A ação é executada pela Coordenação da Mulher, Direitos Humanos e Equidades (Comudhe). Na primeira etapa os estudantes passaram pela seleção e receberam orientações para que possam, no futuro, se tornar multiplicadores da proposta do programa.

 

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Cursos, Igualdade Racial, Palmas