Estado

Foto: Rafael Carvalho

O secretário de Representação do Estado do Tocantins, Carlos Patrocínio, foi eleito vice-presidente do Fonare – Fórum Nacional de Representantes dos Estados em Brasília, durante a reunião extraordinária do Fórum nesta quinta-feira, 30, na Secretaria de Articulação Nacional de Santa Catarina, na capital federal.

Na ocasião, o secretário de Articulação Governamental do Estado da Paraíba, Inaldo Leitão, que responde pela vice-presidência do Fonare, foi eleito presidente da entidade. A nova diretoria toma posse no dia 3 de dezembro em local a ser definido.

A nova diretoria é composta também pelos diretores regionais: do Sul, Fernando Guedes (RS); do Suldeste, José Cateano Filho (RJ); do Norte, Orlando Muniz (AP); do Centro-Oeste, Waldemar Curcino (GO); do Nordeste I, Sônia Carmeiro (BA); e do Nordeste II, Roberto John (PI).

Uma das principais conquistas, neste primeiro ano de gestão do Fórum, foi a obtenção do prazo de 30 dias para que órgãos e entidades da administração pública solucionassem suas pendências no SIAF – Sistema de Administração Financeira, a tempo de não serem inclusos no Cadin – Cadastro Informativo de Créditos - uma articulação feita pela Secretaria de Representação do Estado do Tocantins.

Para o atual presidente da entidade, Geraldo Althoff, Patrocínio desempenhou um papel importante no Fórum, e por isso mereceu ser conduzido ao cargo de vice-presidente no próximo mandato. “Ele ganhou o mérito pela atuação como senador e foi conduzido (ao cargo) por unanimidade e, com certeza, deverá ser o presidente na gestão de 2010”, adiantou.

Patrocínio ficou lisonjeado. “Nossa secretaria foi uma das fundadoras e idealizadoras do Fonare. Fiquei satisfeito, pois pretendo ser um vice bem atuante e trabalhar para fortalecer o Fórum e consolidar o pacto federativo em Brasília”, enfatizou o secretário.

Dentre os desafios da nova nova gestão, estão a transformação do regimento interno em Estatuto Oficial e a concretização do Portal Fonare na Internet.

 

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Cadin, Carlos Patrocínio, Estado, Fonare, Siaf