Geral

Foto: Tadeu Jardim

O Centro Juvenil Salesiano no Morada do Sol I, a Casa de Passagem de Adolescentes de Palmas na ARSE 13, o Orfanato de Palmas- Casa de Acolhida, a Associação de Moradores da Região Norte (ASCONORTE) e a Associação de Pais e Amigos do Excepcional (APAE) terão um natal mais recheado de diversão.

No último sábado, dia 13, o Projeto Arte na Rua e o Reitor da Universidade Federal do Tocantins - Alan Barbiero entregaram centenas de brinquedos à associações de apoio à crianças e adolescentes de Palmas.

Além dos brinquedos, o projeto doou também materiais didáticos e esportivos para uso destas associações. "Nossa associação vive de doações, esse material será de extrema importância para continuação do nosso trabalho aqui no orfanato, esse material é importante tanto para diversão das crianças como também para aprendizagem. Muito obrigada à UFT e o Projeto Arte na Rua", disse Vanessa, pedagoga do orfanato Casa de Acolhida.

Projeto Arte na Rua

Patrocinado pela Petrobrás e pelo Ministério da Cultura, realização da Universidade Federal do Tocantins, o Projeto Arte na Rua tomou conta das periferias de Palmas nos últimos 2 anos. No projeto, voluntários alunos e professores da Universidade Federal do Tocantins resgatam brincadeiras de rua nas comunidades periféricas de Palmas.

Arte na Rua é um projeto que retoma a idéia de brincar na rua, em estabelecer uma relação saudável e amistosa entre vizinhos e colegas de escola, que juntos possam brincar e desenvolver habilidades e a confiança necessária para que tenham sucesso no processo de aprendizagem na escola, desenvolvam o senso de equipe e generosidade, mas principalmente que os encante para a vida.

O projeto aconteceu durante todo o ano de 2007 e 2008 em locais de maior risco social em Palmas, em bairros onde não há áreas de lazer e onde as crianças que têm pouco recurso para comprar brinquedos.

O Arte na Rua levou à periferias oficinas de expressão corporal, performance de circo, contação de histórias, dança de rua, capoeira, e atividades recreativas (tênis de mesa, bet, vôlei, bolinha de gude, peteca, brincadeiras com corda (cabo de guerra), queimado, amarelinha, corrida do ovo e do saco, pega-pega, etc).

Os voluntários do projeto são alunos da UFT, artistas e produtores culturais: Cinthia Abreu, Ana Valéria Nepomuceno, Shara Rezende, Poliana Alves, Leidiane Martins e coordenado pela professora Roseli Bodnar.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Por: Redação

Tags: Alan Barbiero, Apae, Geral, Morada do Sol, Petrobras, UFT